18 / 10 / 2018

Conheça 6 testes psicológicos mais aplicados em processos seletivos

Não sabe o que lhe espera em um processo seletivo? Conheça principais testes psicológicos aplicados por recrutadores!

Você já deve ter se deparado com um teste psicológico no processo seletivo de alguma empresa na qual foi candidato. Esse método avaliativo é muito comum e bastante utilizado pelas organizações. E você deve estar bem preparado para enfrentá-lo. Já que, a partir dele, as portas de um novo emprego podem abrir ou fechar.

Pensando nisso, preparamos uma lista com os seis testes psicológicos mais aplicados nas seleções. A partir dessas informações, suas chances de ser contratado pela companhia aumentem significativamente.

Prepare-se para os testes psicológicos

É notório que os testes psicológicos têm um grau de importância elevado para as seleções das empresas.  Por isso, é preciso saber se preparar para essa etapa. Realizar uma boa pesquisa sobre a empresa que fará a entrevista é fundamental.

Além disso, é necessário que você conheça os principais testes psicológicos que são realizados pelas organizações.  Ao tomar essa atitude, é possível passar na frente de muitos candidatos. Já que ele terá mais autonomia na realização das avaliações, sem ficar muito nervoso, pois o mesmo realizou uma pesquisa prévia sobre o assunto em questão.

1. Teste Quati

Esse teste é composto por um ‘Questionário de Avaliação Tipológica’, cujo objetivo é compreender a personalidade da pessoa. Ele pode ser utilizado para diversas finalidades, como no processo seletivo de um emprego, Avaliação de Potencial e orientação de carreira profissional em estudantes a partir do 9º ano do Ensino Fundamental.

Geralmente, são apresentadas seis situações, com 15 alternativas. Nelas, já é possível saber, por exemplo, se o candidato é introvertido ou extrovertido. Além de identificar se ele toma as decisões mais por pensamento ou sentimento.

2. Teste Paleográfico

Comum em testes psicotécnicos é realizado por meio da elaboração de linhas verticais. Assim como o teste citado anteriormente, o ‘Teste Paleográfico’, também, tem por finalidade compreender mais sobre a personalidade do indivíduo. Humor, temperamento e produtividade, são algumas das características desvendadas nesse método.

Fique sabendo: O ‘Teste Paleográfico’ foi criado na Espanha.

3. Teste Bateria de Provas de Raciocínio (BPR)

Esse teste é composto pela realização de problemas de raciocínio lógico.  É de grande utilidade para verificar se os perfis da vaga e do candidato estão em sintonia. Portanto, no Teste Bateria de Provas de Raciocínio (BPR), é possível ver se candidato possui as atribuições exigidas pela empresa para exercer o cargo almejado.

Se o candidato tiver um resultado satisfatório nesse teste, acima da média, é provável que ele seja indicado para um cargo voltado na resolução de problemas em geral. Já que os exames de raciocínio avaliam a orientação vocacional do profissional.

4. Teste Atenção Concentrada (AC)

‘Atenção’ é isso que esse teste exige de você. Não adianta ficar nervoso e nem prestando atenção no que está acontecendo ao seu redor. Você deve manter o foco no teste.

O recrutador entregará a você uma folha com vários triângulos de tamanhos diferentes, no qual deve-se marcar as linhas que ocupam a folha, posicionando-as dentro do triângulo. É possível aplicar teste ‘Atenção Concentrada (AC)’ em grupo ou individualmente. Esse tipo de avaliação é muito utilizada em cargos que exigem uma atenção maior, como é o caso de telefonista e redatores.

5. Teste de Zulliger

Conhecido como ‘Teste Z’, a avaliação apresenta para os candidatos imagens de manchas, por meio de três pranchas de projeção. Por meio disso, elas detectam aspectos primitivos da personalidade, afetividade e relacionamento. A partir desses dados, é possível ter uma visão ampliada da personalidade humana. Eles avaliam aspecto de intelectualidade, pensamento, sociabilidade, relações emocionais, entre outros.

A finalidade do ‘Teste de Zulliger’ não é descobrir características profundas da personalidade da pessoa. Pelo contrário, a avaliação verificar se o candidato necessita ou não de um exame mais preciso, sendo baseada no Psicodiagnóstico de Rorschach.

Curiosidade: Esse teste foi criado por um oficial russo chamado Zulliger, durante a Segunda Guerra Mundial. Seu objetivo era descobrir quais homens estavam aptos ou inaptos para participar do exército.

6. Teste Inventário de Administração de Tempo

Boa parte das empresas procuram uma pessoa proativa e que saiba administrar bem o tempo no local de trabalho. É essa a finalidade do teste ‘Inventário de Administração de Tempo’.

O processo avaliativo deve ser realizado por um psicólogo ou alguém da área de Recursos Humanos (RH) da organização. Sem deixar de ressaltar que o recrutador precisa ter experiência com esse tipo de avaliação. Da mesma forma que precisa ser familiarizado com os princípios básicos de administração. Além de problemas de caráter humano que as empresas apresentam e conhecimento do dia-a-dia delas.

O exame é composto por 96 questões (direta ou indireta) referentes à forma como as pessoas utilizam seu tempo durante o trabalho. Seu objetivo é diagnosticar os períodos desperdiçados do inquirido.

Aprenda sobre os testes psicológicos e aprimore-se

Os testes psicológicos têm grande importância, porque é a partir desse tipo de método de seleção que muitas empresas acabam descartando vários candidatos, já na primeira etapa. Isso acontece pelo fato da pessoa não ter um perfil compatível com a vaga.

Mas calma, não se desespere! Não tente decorar esses testes.  O fundamental é que você pesquise sobre eles. Lembrando que é importante que você seja verdadeiro consigo e com os recrutadores. Nunca tente passar uma imagem do que não lhe representa, pois pode ser malvisto pelos recrutadores.

Ao longo do texto apresentamos os seis testes psicológicos mais realizados em processos seletivos. A partir deles, você pode perceber que existem diversas avaliações realizadas pelas companhias, boa parte delas refere-se à avaliação da personalidade.

Por isso, preste muita atenção nesse quesito. E, invista sempre no seu conhecimento, busque ler textos que auxiliem na sua aprendizagem. Ao fazer isso, é possível se destacar no mercado de trabalho. Uma boa ideia é olhar sites de emprego, pois geralmente têm muitas dicas de como se preparar para seleções.

E aí, gostou do nosso texto? Agora, que você já aprendeu sobre testes psicológicos, que tal conhecer 10 dicas para se destacar em uma dinâmica de grupo e aumentar, ainda mais, suas chances de ser destacar no processo seletivo de uma empresa? Essa é uma boa oportunidade, hein? Então, não vai perder. Seu sucesso profissional está em suas mãos, não se esqueça.  E o conhecimento é a chave para isso.

Esta matéria ajudou você?

+ 33 pessoas ajudadas

Comentarios