02 / 03 / 2020

Como elaborar um currículo sem experiência? 10 dicas práticas!

Está em busca do primeiro emprego, mas não sabe como elaborar um currículo? Confira as dicas que preparamos para você!
por
http://www.empregos.com.br

currículo sem experiência

Quer conquistar um emprego, mas não tem experiência? Então, você está no lugar certo. Saiba que ingressar no mercado de trabalho pode se tornar muito mais fácil com um bom currículo em mãos. A partir do momento que você tem um material atrativo, os recrutadores passam a ter um olhar diferente sobre você.

Pensando nisso, preparamos 10 dicas sobre como é possível montar um bom currículo mesmo que você não tenha experiência e que ainda consiga ser destaque entre os outros candidatos. Confira!

 

Empregos.com.br > cadastre-se e ganhe 7 DIAS SEM CUSTO*

 

1. Seja verdadeiro

Sabemos o quanto é difícil montar um currículo quando não se tem experiências profissionais. Porém, é importante ter em mente que informações falsas de trabalhos fictícios, por exemplo, não devem ser colocadas. Quando o candidato inventa informações, uma hora ou outra o recrutador acaba descobrindo, seja durante a entrevista de emprego, seja na realização de exames práticos. Portanto, é fundamental ser honesto consigo e com os outros na hora da elaboração do currículo.

 

2. Destaque o objetivo profissional

Nessa etapa, é preciso ter atenção. Um bom currículo precisa ter um direcionamento para qual cargo você deseja se candidatar, pois fica mais fácil de a empresa saber qual é sua área de interesse dentro da companhia.

Uma boa dica é analisar quais habilidades você tem para um determinado cargo. Por exemplo, caso goste de lidar com o público e de estar sempre em contato com outras pessoas, talvez uma vaga de atendente seja mais o seu perfil.  Mas, se prefere lidar com números, é possível que você se adapte melhor na área administrativa.

Atenção! Não se estenda demais nesse quesito. Seja direto, vendo que o seu objetivo é o cargo que você quer atuar.

 

3. Coloque os cursos que possui

Caso tenha realizado algum curso, de curta ou longa duração, coloque em seu currículo. Saiba que os recrutadores dão muito valor para quem está sempre em busca de aprimoramento profissional, principalmente se for na área em que você deseja atuar na empresa. Ao fazer isso, você aumenta suas chances de ser chamado para uma seleção. Pense nisso!

 

4. Destaque suas experiências (mesmo que não seja profissional)

Claro que se você está em busca do primeiro emprego, ainda não teve nenhuma experiência profissional. Mas, você já pensou em colocar aquele “bico” que fez para um amigo ou empresa de forma autônoma? Essa informação é válida no currículo. Já fez algum trabalho voluntário? Ótimo, isso mostra que você gosta de ajudar os outros, independentemente de remuneração. Ao fazer isso, aumenta seus pontos numa seleção, pois é visto como um diferencial dos outros candidatos.

 

5. Não coloque notas de cursos realizados

Algumas informações não são necessárias no currículo. Uma delas são as notas obtidas pelos cursos que realizou como, por exemplo, do ensino médio ou graduação. O que é interessante ressaltar é algum mérito acadêmico que obteve e que seja importante destacar.

 

Leia também > Currículo por e-mail: o que escrever para o recrutador?

 

6. Evite colocar habilidades genéricas

Tenha atenção com os autoelogios, alguns podem não ser bem-vistos pelos recrutadores. Tente não colocar habilidades genéricas, como proatividade e criatividade. Pense em conhecimentos técnicos e aptidões adquiridas durante o curso.

 

7. Seja direto e objetivo

Um currículo ideal não deve ter mais de duas folhas. As empresas avaliam diversos currículos, portanto, é preciso que você seja direto e objetivo com todas as informações que coloca no material. Evite colocar informações desnecessárias.

 

8. Ordene as informações

Nesta dica, você irá aprender, na prática, como montar um currículo na ordem certa para ser chamado em uma seleção de emprego.

  • Dados pessoais: nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, telefones (celular e residencial) e e-mail;
  • Objetivo: destaque o cargo ou área que lhe interessa na empresa. Exemplo: atendente, recepcionista, área administrativa;
  • Formação acadêmica: aqui você irá citar seu último grau de escolaridade, com o nome da instituição de ensino, curso e ano de conclusão ou previsão de término;
  • Cursos: idiomas, informática e outros cursos que tenha realizado;
  • Experiências: trabalhos voluntários e trabalhos informais (desde que se relacione com a vaga)

 

9. Evite gafes

Agora, vamos apresentar alguns erros comuns nos currículos que podem ser evitados. Confira:

  • Título: não coloque o nome “curriculum vitae” ou “currículo” na parte superior da página, pois os recrutadores já sabem do que se trata o material;
  • Dados pessoais: não informe número de identidade, CPF, ou qualquer outro documento, da mesma forma que não é preciso dizer os dados dos parentes;
  • Foto: não há necessidade de colocar, apenas nos casos exigidos pela empresa;
  • Certificados e diplomas: evite anexar cópia desses documentos junto ao currículo. Apenas leve para seleção, pois o recrutador pode solicitar como forma de comprovação;
  • Currículo formal: ao apresentar suas informações, mantenha um tom formal e evite erros de português, pois demonstra falta de atenção. Essa falha costuma prejudicar bastante o candidato na triagem do currículo feita pela empresa;
  • Data e assinatura: não devem ser colocados;
  • Cartas de referência: não precisa.

 

10. Revise seu currículo

Já sabe elaborar um currículo atrativo? Então, está na hora de revisá-lo para ver se não passou nenhum erro, como informação incompleta ou falta de pontuação. Se preferir, peça para outra pessoa conferir suas informações, pois, algumas vezes, um segundo leitor consegue ver detalhes que você não nota. Portanto, siga essas dicas para que tudo fique bem-feito e, assim, aumente as suas chances de ser chamado para uma seleção.

 

Empregos.com.br > cadastre-se e ganhe 7 DIAS SEM CUSTO*

 

Vimos ao longo do texto dicas valiosas na elaboração de um currículo para candidatos sem experiência. Com elas foi possível analisar cada ponto que pode somar ao seu favor na elaboração desse documento tão importante e que o auxilia na conquista de uma oportunidade no mercado de trabalho.

Agora, o seu sucesso profissional está em suas mãos. Não tenha medo da concorrência e nem desamine no meio do caminho. Lembre-se, mesmo aqueles que possuem anos de experiência profissional, já foram em busca do primeiro emprego. Então, saiba que conseguir uma vaga de emprego é só questão de tempo. O primeiro passo em busca da conquista é você quem dá.

Provavelmente, deve ter algum amigo que também está em busca do primeiro emprego. Então, que tal compartilhar essas informações para que outras pessoas também aprendam a elaborar um currículo mesmo que não tenham experiência?

Esta matéria ajudou você?

+ 119 pessoas ajudadas

Comentarios