04 / 07 / 2019

O novo governo e o mercado de trabalho

Já sabe quais são as principais mudanças no mercado de trabalho com o novo governo? Leia sobre o tema em nosso novo post!
por
http://www.empregos.com.br

Ter um bom emprego é uma meta de quase todos os brasileiros em idade produtiva. Após o momento de crise econômica vivido pelo Brasil, entretanto, vieram inseguranças e necessidades de transformação que mudaram as dinâmicas do mercado de trabalho, especialmente sob a posse do novo governo.

Para evitar o desemprego e encontrar novas alternativas profissionais durante esse período, muita gente buscou solução na informalidade. Na formalidade, contudo, as coisas também tiveram um leve crescimento, cuja possibilidade já era apontada com otimismo por economistas.

Segundo informações do Planalto, o mercado formal cresceu 5% no país em 2018. Em 2019, a tendência é a de que o ritmo continue. Quer saber mais sobre as melhorias e problemas trazidos pela gestão de Jair Bolsonaro em relação a assuntos trabalhistas e previdenciários? Então continue a leitura deste artigo.

Quais são as perspectivas iniciais do governo para o mercado de trabalho?

O novo governo começou sua campanha pautado pela necessidade de reverter o quadro do desemprego, afinal, no fim de 2018, mais de 12 milhões de brasileiros estavam desempregados, de acordo com informações do Valor Econômico.

O mercado de trabalho, assim, se tornou um dos temas principais, cuja proposta de solução imediata se relacionou à Reforma Trabalhista, que já havia sido iniciada na gestão de Michel Temer, sancionada e em vigor desde 17 de novembro de 2017.

O que já foi feito pelo novo governo?

Bolsonaro chegou ao seu cargo com o ideal de desburocratizar as relações entre empregados e empregadores. Para ele, a economia do país poderia ser aquecida e mais pessoas teriam melhores condições do que aquelas oferecidas pela informalidade em contratos de trabalho flexíveis.

Sua gestão, no entanto, tem demonstrado medidas impopulares, às quais é importante que todos os cidadãos tenham acesso antes de decidirem por um novo emprego ou de assinarem um contrato trabalhista. Em janeiro, por exemplo, houve a extinção do Ministério do Trabalho. Suas pastas foram atribuídas à Economia, Justiça e Cidadania.

Apesar dos problemas, há ainda incentivo do mercado e de empresários no que diz respeito à liberdade econômica, que acarretaria também no surgimento de mais vagas. Muito ainda deve ser feito, no entanto, há um tema polêmico que divide opiniões e coloca a maior parte dos trabalhadores em avaliação negativa quanto às intenções governamentais: a Reforma da Previdência.

O que pode mudar com a Reforma da Previdência?

Esse assunto ainda encontra bastante resistência entre os políticos e a própria população. Sua ideia, entretanto, é modificar questões como as listadas a seguir.

Idade mínima

Hoje, é possível se aposentar tanto pela idade que se tem quanto pelo período de contribuição. Segundo a proposta de reforma do novo governo, uma das opções é a de que mulheres poderão se aposentar a partir dos 62 anos e homens, dos 65.

Regime

O sistema previdenciário de hoje toma por base o modo solidário, em que os que são trabalhadores ativos contribuem para pagar a aposentadoria dos que estão a desfrutar dela.

No novo regime, entretanto, que se constrói sob o pretexto do envelhecimento da população e da insustentabilidade desse modelo, a ideia seria a de criar um sistema semelhante ao de poupança para todos os indivíduos, de modo que arcariam financeiramente com sua aposentadoria.

Sem diferenciações

Atualmente, trabalhadores do setor público têm alguns benefícios diferentes daqueles que atuam no setor privado. Com a Reforma da Previdência, a ideia é que todos sejam igualados, com exceção dos militares, os quais o presidente costuma privilegiar.

Mercado de trabalho

Além da questão previdenciária, o governo ainda tem apostado em iniciativas que poderiam melhorar o desempenho do mercado e a inserção de mais trabalhadores nele. Assim, a ideia seria investir em medidas como:

  • Programa Emprega Mais: aplicativo semelhante aos de relacionamento em que empregados e empregadores ficariam rapidamente conectados por meio de um match.
  • Plano Simplifica: diminuição das exigências da plataforma eSocial a fim de facilitar a criação e o gerenciamento de novas empresas.

Como continuar a ser visto pelo mercado de trabalho no novo governo?

Embora o mercado já tenha experimentado e ainda tenda a experimentar muitas mudanças durante a administração de Jair Bolsonaro e de sua equipe, há boas práticas que não se alteram para trabalhadores que estão à procura de oportunidades. A seguir, listamos algumas delas.

Cadastre seu currículo em portais de emprego

Independentemente de sua área de atuação, dedicar um tempo a atualizar e cadastrar todos os dados de seu currículo em diferentes portais de emprego ainda é um excelente método para estar em evidência perante os recrutadores.

Invista em redes sociais corporativas

Plataformas como o LinkedIn, uma rede social cujo DNA se dá em negócios, são também ótimas formas de ser visto e de mostrar a seus futuros empregadores quanto interesse você tem pela carreira e por seu desenvolvimento.

Aposte nelas: conecte-se com seus contatos corporativos, interaja em grupos, incentive discussões pertinentes, atualize com suas experiências mais recentes e capriche!

Prepare-se bem para um processo seletivo e seja sincero

Recebeu a chance de concorrer ao cargo em uma empresa em que adoraria trabalhar? Então estude muito o perfil do local e se prepare para quaisquer perguntas que possam surgir durante a entrevista.

Fale sobre suas experiências anteriores, entenda o momento de parar e, principalmente, invista na franqueza, sem deixar sua confiança se abalar. Assim, você evita mal-entendidos e garante a contratação para uma vaga que realmente tenha seu perfil.

Ainda que o mercado de trabalho, durante o novo governo, traga uma perspectiva mais incerta diante das mudanças que ainda poderão ocorrer, a postura de um candidato qualificado em um processo seletivo tende a sofrer poucas alterações. Mantendo-se motivado, pesquisando bastante sobre novas oportunidades e dando o melhor de si a cada novo processo, é possível chegar lá e construir um caminho de sucesso!

Gostou deste conteúdo e quer conhecer mais sobre os serviços de uma empresa que é especialista em mercado e em todas as etapas necessárias para você conseguir encontrar uma vaga ideal? Então acesse a página de cadastro de currículo e escolha a opção “atendimento online” para conversar com um de nossos profissionais!

Esta matéria ajudou você?

+ 11 pessoas ajudadas

Comentarios