20 / 04 / 2018

10 dicas para se recolocar no mercado de trabalho

Separamos 10 dicas infalíveis que vai te ajudar com a sua recolocação no mercado de trabalho.

Encontrar-se desempregado é mais comum do que se imagina, sabemos da dificuldade de cada um e principalmente da necessidade de uma estabilidade financeira. Porém, a pior coisa a se fazer ao receber uma notícia de demissão é o desespero e o nervosismo.

Para se sair bem em sua recolocação no mercado de trabalho é necessário manter a calma e o foco, talvez até mesmo tirar alguns dias para relaxar e colocar as coisas e as ideias em dia, mas lembre-se as empresas nunca deixam de ir em busca de novos profissionais.

Neste artigo vamos tratar de:

  1. Organização
  2. Carreira
  3. Currículo
  4. Atualização
  5. Sites de empregos
  6.  A sua profissão
  7. Networking
  8. Oportunidades temporárias
  9. Entrevistas
  10. Redes sociais

 

 

Organização: É importante que entenda que, quando se está em busca de emprego, na realidade você já está trabalhando de forma não remunerada, sendo assim, organizar sua rotina, candidaturas, empresas que gostaria de ingressar, cartas de apresentação, e-mails, entrevistas, currículos e contatos vai ajudar muito durante seu progresso e recolocação no mercado de trabalho.

Ainda tratando do assunto “organização” é valido lembrar que suas finanças devem ser repensadas; alguns gastos desnecessários podem ser cortados e despesas fixas podem ser alternadas para soluções mais em conta.

DICA: Evite uso excessivo do cartão de crédito, busque novas fontes de renda e monte um planejamento financeiro.

 

 

Foque na sua carreira: Relembre o que você já vivenciou, sua trajetória profissional e quais são as suas principais características e habilidades.

Faça as perguntas a si mesmo: No que eu sou bom? – O que eu gosto de fazer?- Com o que eu gosto de trabalhar? E coloque isso no papel, monte seu portfólio e não deixe de estudar!

Dica: Liste todas as suas conquistas e o que aprendeu, estabeleça seus objetivos de carreira e trace suas metas profissionais. Vale lembrar que definir um foco é mais assertivo do que se candidatar em vários setores diferentes, que muitas vezes não conversa com suas especialidades.

 

 

Aprimore seu currículo: O currículo é sua porta de entrada para o mercado de trabalho, é através deste documento que as empresas decidem se devem te convidar para uma entrevista ou descartar sua candidatura.

Dica: monte seu currículo de forma clara e objetiva, porém deve apresentar os principais fatores de sua jornada (experiências/ qualificações/ cursos e formação específica/ contato/ resultados que alcançou/ idiomas/ objetivo etc).

 

 

Mantenha-se atualizado: Aproveite este tempinho livre para se atualizar, tanto em relação a notícias e cotidiano, quanto as novidades do seu ramo empregatício.

Dica: Você sabe o que seus concorrentes estão estudando? –  Acesse a busca de currículos e conheça seus concorrentes! Acesse a busca

Estude novos nichos de mercado (dentro de sua formação) – Frequente palestras (adquira contatos), realize workshops, leia revistas e jornais não deixe de ler um bom livro.

PS: Quanto mais atualizado você estiver, maiores serão suas chances durante a entrevista.

 

 

Cadastre-se em sites de empregos: Com a facilidade e agilidade da internet, os sites de recrutamento online, são atualmente a principal forma de captação de currículos e candidatos, afinal, em apenas uma plataforma é possível encontrar milhares de oportunidades de trabalho.

Como o assunto é sites profissionais, o site Empregos te dá a oportunidade de seguir e enviar seu currículo diretamente para as vagas e empresas de seu interesse.

Conheça: Empregos

Ou para reforçar ainda mais, poderá enviar seu currículo diretamente para o recrutador através do e-mail.

saiba mais: Email para os recrutadores

 

 

Conheça sua profissão: Se você sabe qual é a sua área de atuação, você saberá exatamente qual é a vaga que realmente combina com suas competências e qualificações.

Resumindo: Conhecer seu cargo compete com conhecer a empresa,ou seja,  quais produtos oferece, público alvo enfim. Se você tem um objetivo, saberá exatamente onde procurar.

PS: Estar por dentro da vaga e da empresa que está participando do processo seletivo, te coloca em vantagem em relação aos demais candidatos.

 

 

 

Faça Networking: O Networking é uma das principais fontes de Recolocação no mercado de trabalho atualmente, ou seja, cuidar da sua rede de relacionamento te coloca aos olhos das pessoas mais influentes dentro de sua rede de contato e de seu ramo empregatício.

Dica: Frequente palestras e cursos  e exponha seus interesses profissionais. Marcar presença em eventos pertinentes a sua área vai te colocar frente a frente com profissionais que estão procurando pessoas como você, com as suas qualificações e experiências. Outra dica é: Comente com amigos em relação ao seu interesse em voltar ao mercado, por mais que não atuem na área, ele poderá ter outro amigo que pode te ajudar.

 

 

 

 

Oportunidades temporárias: Não se apegue apenas nas vagas com regime CLT, trabalhe freelancer, aceite oportunidades temporárias (por mais que seja por um curto período de tempo, você pode ser contratado como efetivo), empregos PJ também são válidos.

As vagas temporárias não apenas abrem as portas para o futuro, como também te ajuda a acumular mais experiência e qualificação para seu currículo.

 

 

 

 

 

Prepare-se para as entrevistas: Além do currículo, é importante se preparar para as futuras questões que podem ser abordadas pelos recrutadores, assim como:

Quais seus pontos fortes e fracos? – Por qual motivo saiu da última empresa que trabalhou? – Como pode contribuir conosco?

Dica: mantenha a calma e a tranquilidade, fale com clareza e segurança, utilize roupas sérias e confortáveis e de cores neutras.

 

 

 

Cuidado nas redes sociais:Preste muita atenção com o que você publica em suas redes sociais, tanto fotos quantos compartilhamentos. É muito comum que os recrutadores analisem o perfil social dos candidatos ás vagas.

Por isso evite prejudicar sua imagem com fotos comprometedoras e posts que não são verificados.

Esta matéria ajudou você?

+ 717 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios