22 / 08 / 2019

Conheça os setores com maiores oportunidades de empregos

Conheça as áreas que mantêm a economia aquecida e precisam de mão de obra qualificada.
por
http://www.empregos.com.br

Para quem procura por oportunidades de emprego é preciso ficar atento às ofertas de trabalho na sua área de atuação. Mas devido à grande competitividade, é válido considerar todos os setores e analisar a possibilidade de mudança para outra cidade, a fim de conquistar a tão sonhada vaga.

Isso porque, mesmo com a crise, existem setores que mantêm a economia aquecida e precisam de mão de obra. Além disso, há posições em aberto fora dos grandes centros urbanos. Assim, é preciso avaliar essas chances para conquistar a recolocação profissional. Neste post separamos os setores com mais oportunidades de emprego por cidade. Acompanhe!

Construção civil

Um dos grandes balizadores da economia, o PIB, Produto Interno Bruto, da construção civil tem previsão de crescimento de 2% no ano de 2019 no Brasil.

São Paulo

A terra da garoa está entre as cidades com maior índice de criação de emprego formal no país, com destaque para oportunidades na área de construção civil e comércio. Mas não é só isso: se comparada com outras capitais, São Paulo apresenta 16 candidatos por vaga, uma concorrência bem menor do que em outros centros urbanos.

No ano de 2016, a cidade alavancou as contratações nos setores de tecnologia da informação, construção civil e serviços. A remuneração também está entre as mais altas do Brasil. Um empregado na área de TI, por exemplo, ganha em média 83 mil reais por ano, enquanto nas demais regiões do país esse valor não ultrapassa os 74 mil.

Indústria

O setor da indústria é um dos principais responsáveis por aquecer a economia do país e um importante gerador de emprego e renda. Veja onde estão as melhores oportunidades do setor.

Campo Grande

Campo Grande fechou 174 vagas de emprego em março de 2016, mas encerrou o referido mês com 125.905 trabalhadores empregados. Os setores fortes da cidade são indústrias de transformação, construção civil, extrativismo mineral e serviços de utilidade pública.

Lá, concentra-se o terceiro maior contingente de empregos formais em Mato Grosso do Sul, respondendo por 19,6% de todo mercado de trabalho no estado. Fica atrás apenas do setor de serviços, que gera emprego e renda para mais de 190 mil trabalhadores.

Setor agropecuário e automotivo

O setor de agropecuária e a indústria automotiva concentram boa parte da economia do país, com destaque para o sul do Brasil. Veja onde o mercado de trabalho está mais aquecido.

Joinville

Joinville é o carro-chefe do setor automotivo, metalmecânica, e de outros setores que favorecem a produção da frota de automóveis que sai da cidade para todo o território brasileiro.

De acordo com dados do CAGED, foi a cidade que gerou mais empregos em 2017. Ela ofereceu cerca de 5.500 vagas, com destaque para a área de serviços, como transporte, manutenção de equipamentos e logística. O setor agropecuário também faz de Joinville o município de Santa Catarina que mais geram emprego e renda no estado.

Serviços

O setor de serviços é o responsável pela maior participação no PIB e no emprego no Brasil. Saiba onde encontrar as melhores oportunidades.

Curitiba

A cidade, impulsionada pelo setor de serviços, apresenta a menor taxa de desemprego entre as capitais brasileiras. De acordo com o Caged, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o estado do Paraná registrou em 2018 o maior índice de geração de emprego dos últimos cinco anos.

A remuneração média gira em torno de R$ 1.500 e os segmentos mais aquecidos hoje em dia são os de serviços, com destaque para o de telemarketing e, principalmente, a indústria.

Goiânia

Outro destaque no setor de serviços é Goiânia. Nos últimos 14 anos, a cidade ascendeu muitos degraus no ranking de empregos e agora é a quarta entre as que têm maior oferta no Brasil. Seguindo a tendência nacional da indústria e o setor de serviços, com destaque novamente para o telemarketing, a cidade tem apresentado o maior crescimento absoluto da sua história.

Rio de Janeiro

Impulsionado pelos setores de serviços e indústria, a cidade do Rio de Janeiro continua como um dos municípios que mais geram empregos no país. Nos últimos anos, a qualificação da mão de obra vem sendo elevada, com destaque para cursos técnicos e ensino superior.

A cidade fechou o ano de 2018 com 5,7 mil novos postos de trabalho, melhor saldo desde 2014 no estado. O setor de serviços e as indústrias de transformação são muito expressivos e o salário médio é de R$ 2.300.

Agronegócio

O Agronegócio no Brasil tem uma efetiva participação na economia do Brasil e representa aproximadamente 22,15% do PIB, de acordo com levantamento de 2012.

Porto Alegre

A cidade já foi eleita como capital do pleno emprego e o índice de empregabilidade continua muito bom, sendo bastante procurada por quem deseja uma oportunidade no mercado de trabalho. Ocupa a quinta colocação na oferta de vagas e no estado do Rio Grande do Sul são encontrados um dos melhores salários, com média que ultrapassa os 8 mil.

O agronegócio impulsiona a economia no município. De acordo com dados divulgados pelo Caged, o setor foi o segundo que mais contribuiu para a criação de empregos em junho de 2019, com 22,7 mil novos postos de trabalho.

Oportunidades no interior

Para quem procura por oportunidades de emprego é preciso expandir os horizontes e não ficar preso apenas às grandes capitais, visto que algumas das mais altas remunerações estão no interior do país.

Nos municípios de Dourados e Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, os salários rondam os 5 mil para profissionais com qualificação. As vagas de emprego estão nos segmentos de engenharia, mas também há oportunidade para as áreas técnicas. Já em Minas Gerais, as vagas sobram em Nova Serrana, nas indústrias de calçados.

Como vimos ao longo deste post, é preciso ficar atento e analisar as vagas em aberto, levando em conta questões como deslocamento e moradia em uma nova cidade. A família também deve ser consultada, já que uma mudança pode afetar a vida de todos, no caso da efetivação da contratação.

Para aumentar as suas chances de ser chamado para uma entrevista, cadastre seu currículo em sites de emprego e mantenha seus dados sempre atualizados. Lembre-se de se manter informado e investir na sua qualificação para elevar ainda mais as suas possibilidades de conseguir uma oportunidade de emprego.

Falando nisso, no empregos.com.br você pode cadastrar seu currículo e ser facilmente encontrado por recrutadores. Cadastre-se já e não perca nenhuma oportunidade.

Esta matéria ajudou você?

+ 6 pessoas ajudadas

Comentarios