09 / 10 / 2019

Diversidade e inclusão nas empresas: conheça o trabalho da executiva Cris Kerr

Natural de Ilha Solteira, interior de São Paulo, a publicitária é líder quando o assunto é ascensão de mulheres em cargos de liderança

O currículo de Cris Kerr é extenso. Ela é formada em Publicidade e Propaganda pela FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), pós-MBA em Formação de Conselheiras pela Saint Paul Escola de Negócios e está cursando mestrado em Sustentabilidade na FGV. Especialista em diversidade e equidade de gênero com mais de 12 anos de experiência, também é professora da FDC (Fundação Dom Cabral) e líder do Grupo Mulheres do Brasil.

 

 

Há muito tempo, Kerr se deparou com as diferenças de gênero nos ambientes em que trabalhava. “Comecei minha carreira no começo dos anos 90 em duas multinacionais, uma holandesa e outra americana, ambas predominantemente lideradas por homens. Oito anos depois, fui convidada para ser diretora de marketing e eventos da maior feira ferroviária do Brasil, em que 95% deste público também era masculino!”, enfatiza. “Então, decidi que eu tinha que fazer alguma coisa para mudar este cenário porque o meu lema é ‘os incomodados que mudem o mundo’”, relata.

 

Com as experiências que teve no mercado de trabalho, Cris decidiu seguir novos caminhos e explorar seu lado empreendedor fundando, em 2008, a CKZ Diversidade, 100% focada em diversidade e inclusão. A empresa atua em duas áreas de negócios: uma consultoria em diversidade, com treinamentos abertos e in company em que focam nas necessidades da empresa, e com fóruns próprios. “O primeiro fórum que idealizei e lancei foi o Mulheres em Destaque, em 2010, para apoiar as empresas a construírem ações e programas para ascensão das mulheres aos cargos de liderança. Temos também o Fórum Gestão da Diversidade e Inclusão, que está caminhando para a 6ª edição, e o Fórum Diversidade no Conselho, que está na 2ª”, pontua.

 

Cris Kerr tem muito orgulho do trabalho que promove na sociedade. “Minha grande paixão é transformar. Tanto os nossos Fóruns quanto os nossos treinamentos, sensibilizam e impactam positivamente os participantes, reforçando o respeito pelas pessoas, além de ampliar a consciência sobre os benefícios da diversidade como uma cultura inclusiva pode tornar uma equipe mais forte”. Paralelamente a carreira com a vida acadêmica, Cris ainda cria sua filha, Beatriz, que é fã do caminho que a mãe está trilhando para ela e para sua geração.

 

Esta matéria ajudou você?

Comentarios