26 / 10 / 2015

MBA ainda é diferencial de mercado?

Alguns cuidados são fundamentais para que a especialização realmente valorize o currículo e abra portas no mercado de trabalho.
por
http://www.empregos.com.br

O MBA – Master of Business Administration – é uma pós-graduação latu sensu com maior profundidade acadêmica e uma visão mais prática do mercado de trabalho. Atualmente, existem diversas instituições no país que oferecem esse tipo de especialização, anteriormente restrita às universidades do exterior. No entanto, como ainda não há um critério de avaliação para os cursos oferecidos no Brasil, alguns cuidados são imprescindíveis na hora de escolher um MBA.

“Por ser uma pós-graduação latu sensu, não há fiscalização do MEC, o que torna muito discrepante a qualidade de MBAs de diferentes escolas. É claro que existem escolas de negócios boas e ruins no país, assim como existem nos Estados Unidos ou Europa. Mas no Brasil, por uma questão de marketing, o termo passou a ser usado indiscriminadamente para cursos de especialização que não têm os critérios necessários para serem considerados MBAs”, explica o empresário Fábio Iwai, que cursou o MBA da Kellogg School of Management, considerada uma das melhores escolas de negócios dos Estados Unidos.

Segundo Iwai, cursar um MBA foi fundamental para definir os rumos de sua carreira profissional e sua opção por empreender. “No meu caso, acredito que o curso tenha feito uma diferença ainda mais significativa do que a média para minha carreira. Sou cirurgião-dentista de formação e o impacto de um curso acadêmico de alto nível em negócios foi ainda maior do que, por exemplo, para alguém graduado em administração ou economia”, afirma.

Atualmente à frente de duas instituições de ensino, o Instituto Motivar e o site Trampolink, com o objetivo de oferecer capacitação e formação profissional, o empresário acompanha de perto a colocação profissional de jovens do ABC Paulista e afirma que uma boa formação é fundamental para garantir espaço no mercado de trabalho. “A dinâmica de um MBA é baseada em casos reais com uma abordagem extremamente prática o que torna o conhecimento muito aplicável”, acrescenta.

Entretanto, Iwai alerta que a especialização aqui no país está sendo banalizada. “É preciso muito cuidado com a qualidade. Já vi pessoas perguntando sobre MBA de uma semana. Em muitos casos, optar por fazer o curso fora do Brasil pode ser uma decisão mais acertada, levando em conta ainda que um brasileiro, ao tomar a decisão de estudar fora por um ou dois anos, vai procurar uma escola de boa reputação. Além disso, o atual momento econômico do Brasil tem levado um número ainda maior de brasileiros a serem aceitos em escolas de ponta no exterior”.

O empresário lembra ainda que além de fazer grande diferença no dia a dia de trabalho, cursar um MBA de alto nível ajuda a estabelecer contatos profissionais e criam network de um valor difícil de mensurar. “Essas escolas possuem uma rede de ex-alunos, através de seus alumni clubs que dá acesso a contatos importantíssimos em qualquer parte do mundo. No contexto globalizado que vivemos esse é um ativo que deve ser sempre levado em consideração”.

Além disso, o acesso a uma especialização no exterior está cada vez mais acessível e com o câmbio mais favorável, os custos de se fazer um MBA fora do país tornou-se mais próximos da nossa realidade. “Mas é importante ressaltar que o diploma coloca a pessoa no caminho certo, mas são suas atitudes e empenho que realmente irão garantir o sucesso profissional e abrir portas no mercado de trabalho. O MBA, cursado em uma boa escola, é um grande diferencial, mas não há certificado que garanta sucesso se profissional não fizer por merecer”, finaliza Fábio Iwai.

Esta matéria ajudou você?

+ 2 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios

Os comentários estão desativados.