“Perguntas na entrevista de emprego” – Como falar sobre a sua remuneração?

Pode parecer uma questão antiética, mas quando se está participando de um processo seletivo, é comum falar sobre salários. Saiba como abordar o assunto
por
http://www.empregos.com.br

Embora sejam questões pessoais, o recrutador pode pedir os valores dos últimos salários que já recebeu, como também perguntar qual é a sua pretensão salarial.

A prática não é considerada antiética, uma vez que será necessária para negociar o pagamento, caso você seja contratado para a vaga que está concorrendo.

No entanto, existem alguns cuidados que você deve tomar antes de responder, ou pode acabar se desqualificando justamente nesta etapa. A remuneração salarial não é um assunto para ser discutido tão cedo.

Tome, como exemplos, dois candidatos a uma mesma vaga. O recrutador pede que, junto ao currículo, sejam enviados o histórico salarial e a pretensão.

O primeiro candidato obedece aos requisitos, mas, durante a seleção, o recrutador percebe que seu histórico e a pretensão salarial são diferentes do que estão dispostos a pagar.

O segundo candidato envia apenas o currículo, e escreve no e-mail que prefere discutir questões salariais presencialmente.

O que acontece na maioria das vezes, é que o primeiro candidato é eliminado antes mesmo na entrevista, e o segundo consegue avançar para a segunda etapa do processo seletivo, onde tem a chance de negociar um valor que beneficie a todos.

Essa negociação deve ser feita no final da entrevista, pois assim você mostra quais são as competências, para depois apresentar o preço delas, conquistando um salário compatível com as suas qualidades – e acima do anterior.

PRETENSÃO SALARIAL

A sua pretensão deve ser compatível com a sua área, as suas qualificações e o seu nível de responsabilidade – na regra de que, quanto maiores, mais dinheiro você deve ganhar.

Para saber se a sua pretensão está alinhada com o que o mercado está oferecendo, pesquise a média salarial da sua profissão na posição em que está.

Também faça uma pesquisa sobre as vagas de emprego anunciadas por outras empresas, e compare os requisitos com o que estão oferecendo.  Vagas que pedem inglês fluente, por exemplo, devem pagar mais do que as que não oferecem.

Esta matéria ajudou você?

+ 670 pessoas ajudadas

Comentarios