23 / 10 / 2015

Cursos ajudam profissionais de RH a resolver problemas do dia-a-dia

por
http://www.empregos.com.br

Já foi-se o tempo em que o profissional de recursos humanos tinha como função somente recrutar profissionais para uma corporação. Hoje, com a busca constante pela qualidade e o aumento da competitividade, esses profissionais assumiram um papel diferente, passando a enxergar a empresa como um todo e não apenas na sua área de atuação.

Se por um lado, o trabalho dessas pessoas de RH ganhou uma importância maior dentro das empresas, por outro lado, a responsabilidade de se manterem atualizados com as novas tendências — e principalmente com as políticas e estratégias dos concorrentes — também cresceu. Isso tem levado diversos profissionais do setor a buscar cursos de especialização no setor.

“Muitas vezes os cursos ajudam as pessoas a perceberem problemas que elas não conseguiam enxergar em suas empresas, e a encontrar uma solução prática para isso através do contato com outras pessoas”, explica Hélcio José Celi, coordenador do curso de RH das Faculdades Metropolitanas Unidas.

Esse curso, que já existe há dois anos, dura em média quatro meses, com duas aulas semanais. A cada semana é desenvolvido um tema, ministrado por um facilitador, que geralmente é um gerente de recursos humanos ou um consultor com larga experiência na área. A pessoa interessada pode ingressar no curso na data que preferir, e as atividades perdidas geralmente são repostas. Segundo Celi, a idéia do curso surgiu para adaptar os profissionais às rápidas mudanças que ocorrem no mercado de trabalho. O curso é aberto também às pessoas não graduadas

Já na Fundação Getúlio Vargas, que oferece um programa de educação continuada voltada para executivos, o participante precisa ter curso superior. A FGV possui cursos nessa área há 15 anos, oferecendo cursos regulares e semestrais, realizados dentro da fundação; cursos intensivos, que acontecem sempre em julho; e cursos que procuram atender às necessidades da empresa e que são realizados no local onde a organização preferir, os chamados in company.

Para quem procura uma pós graduação na área de RH, a Faculdade Anhembi-Morumbi oferece os cursos lato-sensu, com duração de três semestres. O curso, que existe há seis anos, visa aperfeiçoamento e complementação de informações, através de aulas teóricas e práticas, palestras, seminários, fóruns e dinâmicas de grupo. “Nosso público são os profissionais que querem se especializar na área de recursos humanos, independentemente de estarem atuando na área”, revela Ubirajara Pessin japhimoski, coordenador do curso de pós-graduação.

Já a Faculdade de Economia e Administração (FEA) da USP oferece, nos cursos de pós-graduação lato-sensu, programa MBA executivo. Lançado há três anos, ele é um programa com duração de 400 horas/aula, voltado para a cúpula das empresas, estimulando o auto desenvolvimento e a competência profissional. O professor titular da área de RH da faculdade, Lindolfo Galvão de Albuquerque, explica que a metodologia de ensino abrange aulas expositivas, trabalhos em equipe, estudos de casos, palestras com especialistas e trabalho individual para conclusão do curso. “Procuramos enfocar as mudanças tecnológicas e as tendências das empresas para o futuro”, conclui Albuquerque.

Esta matéria ajudou você?

+ 3 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios