Modelo de currículo para estágio

Muitos estudantes estão em busca de um estágio, mas não possuem nenhuma experiência profissional. Aprenda a elaborar um currículo e aumente suas chances de ingressar no mercado de trabalho.
por
http://www.empregos.com.br

Você está no período da faculdade e tem intenção de buscar uma vaga de estágio no mercado de trabalho, mas não faz a menor ideia de como elaborar um currículo.

O currículo quando é feito de forma correta aumenta as chances do candidato conseguir uma vaga. Muitos estudantes não passam na seleção de currículos justamente por não darem a devida importância ao mesmo.

Em alguns cursos o estágio não é obrigatório e, por esse motivo muitos estudantes não dão importância para ele. Entretanto quando não existe nenhuma experiência profissional depois de formado, o mercado de trabalho pode deixar você sem muitas opções, tendo que recorrer algumas vagas que talvez não sejam do seu agrado.

A ideia do estágio é proporcionar ao estudante o primeiro contato com a sua área de trabalho. É através dele que você sabe se realmente está fazendo o curso certo, pois existe muita diferença entre a faculdade e o mercado de trabalho.


Modelo-de-currículo-para-estágio


Dicas de como preencher o seu currículo de estágio:


Dados Pessoais
É muito importante colocar nome completo, data de nascimento (prefira colocar a data de nascimento ao invés da idade, para evitar que a informação fique desatualizada), endereço completo e pelo menos mais três formas de ser encontrado – telefone, celular e e-mail.


Objetivo
Como você está iniciando sua vida profissional não é necessário que tenha o objetivo totalmente definido. Isso quer dizer que você pode citar mais de uma área de interesse. Não deixe de mencionar o tempo disponível para dedicar-se aos estágios.


Formação Acadêmica
Depois do item Dados Pessoais é o mais importante, já que o curso e a faculdade são muito relevantes durante o processo de recrutamento e seleção de um estagiário ou trainee. Isso porque não há muita experiência prática para ser avaliada. Não esqueça de colocar o mês o ano de conclusão do curso.


Experiência Profissional
Se você já tiver, não deixe de citar. Principalmente se estiverem relacionadas à sua área de interesse. Porém não perca muito tempo nem espaço detalhando suas atividades, pois não é um fator determinante.


Idiomas
Fluência em idiomas estrangeiros é requisito imprescindível já no início da carreira. É fundamental colocar o nível de conhecimento da língua (básico, intermediário e avançado), sem mentir. Além de ser necessário no cotidiano, saber outro idioma demonstra a preocupação do jovem em estar atualizado e o interesse pela cultura de outros países.


Informática
Espaço para descrever o conhecimento de ferramentas básicas e de outras essenciais ao desenvolvimento de sua carreira. Saber informática não quer dizer ter conhecimentos técnicos sobre todos os softwares e hardwares. O mais importante é saber interagir com as pessoas por meio da tecnologia.


Outras atividades e cursos
Cursos referentes à sua área de interesse profissional e viagens ao exterior devem ser relacionados aqui. Também pode ser interessante relatar trabalhos voluntários e atividades acadêmicas.


Características Pessoais
Este item é polêmico. Algumas consultorias são contra; outras a favor. Fica a seu critério colocar ou não. Vale lembrar que não adianta criar uma personalidade diferente da sua, pois o analista de recursos humanos irá logo perceber suas características durante a entrevista.

Esta matéria ajudou você?

Comentarios