12 / 05 / 2016

Livro – A arte da procrastinação

O livro do professor de filosofia John Perry tem muito a ensinar àqueles que gostariam de aumentar a produtividade, mas geralmente deixam tudo para depois
por
http://carreiras.empregos.com.br/

Você pode até não ter ouvido falar do termo “procrastinação” até hoje, mas certamente já procrastinou em algum momento da vida. Um exemplo, é quando você deixa de iniciar o trabalho para “dar aquela olhadinha” nos e-mails ou nas redes sociais e acaba perdendo um tempo valioso com essa prática.

Procrastinação nada mais é do que adiar qualquer tarefa sem ter um motivo de peso para isso, desde uma situação corriqueira a um projeto importante. No ambiente de trabalho, os procrastinadores representam cerca de 20% dos funcionários, segundo pesquisas americanas.

Você pode até pensar que procrastinar é o mesmo que não fazer algo por preguiça. Mas a verdade é que quem procrastina apenas deixa de fazer a tarefa mais importante, para se dedicar a outras coisas que, embora sejam úteis, em nada contribuem para o objetivo principal do procrastinador.

Procrastinar é fazer o que você não precisa para evitar o que deve fazer de verdade.

Além de afetar a produtividade do trabalhador, já que é comum que os projetos sejam entregues minutos antes do prazo final, quem tem o hábito de procrastinar sofre com o sentimento de culpa, está sujeito ao estresse e é alvo da baixa autoestima.

POR QUE VOCÊ PROCRASTINA?

• Projetos trabalhosos e difíceis de executar, que geram desmotivação;
• A impulsividade fala mais alto, e você prefere fazer qualquer outra coisa a se concentrar no que precisa, apenas pelo fato de “precisar”;
• Você é perfeccionista, e “deixa para depois” para fazer algo, pois acredita que não está preparado no momento para elaborar algo com perfeição.

A arte da procrastinao

É PRECISO COMBATER A PROCRASTINAÇÃO?

Segundo o professor de filosofia da Universidade de Stanford John Perry, a resposta é: não. Tentar combater esse comportamento faz com que os procrastinadores se sintam maus consigo mesmos, contribuindo para a ansiedade do trabalhador – que já não é pouca para quem sofre com a procrastinação.

Perry escreveu um livro chamado “A Arte da Procrastinação – Como realizar tarefas deixando-as para depois”, lançado no Brasil pela Editora Paralela. De acordo com ele, a procrastinação deve ser usada a favor do trabalhador:

Procrastinadores raramente não fazem absolutamente nada; eles fazem coisas marginalmente úteis.[…] Por que o procrastinador faz essas coisas? Porque são uma forma de não fazer nada mais importante. Se tudo que o procrastinador tivesse de fazer fosse apontar lápis, nenhuma força na Terra o obrigaria a fazer isso. O procrastinador pode ser motivado a fazer tarefas difíceis, convenientes e importantes, desde que essas tarefas sejam uma forma de não fazer algo ainda mais importante” - escreve Perry.

COMO AUMENTAR A SUA PRODUTIVIDADE PROCRASTINANDO?

Já que o procrastinador não gosta de ficar parado, a ideia de Perry é a “PROCRASTINAÇÃO ESTRUTURADA”: organizar uma lista de tarefas sem ordem de urgência, ou seja, elaborar um relatório importante pode ficar depois de ler o capítulo de um livro.

Assim, quando você procrastinar, vai fazer isso com alguma tarefa da sua lista.

O segredo da estratégia é dividir as tarefas em pequenos objetivos. Não escreva, por exemplo, “elaborar o projeto”, porque isso é muito amplo e parece difícil. Liste cada etapa do processo e risque da lista quando finalizar cada uma delas.

Isso irá te estimular a continuar com as demais, e já mata os seus principais problemas com a procrastinação: a desmotivação, a impulsividade e o medo de não atingir a perfeição do projeto como um todo.

Com essas dicas, os procrastinadores são convertidos em profissionais eficientes. Afinal, Perry escreveu o livro procrastinando a correção de trabalhos, a leitura de rascunhos de dissertações, dentre outras atividades de sua rotina. 😛

Vale a pena a leitura!

Título- A Arte da Procrastinação Subtítulo- Como realizar tarefas deixando-as para depois Autor- John Perry Editora- Paralela Ano- 2014

Onde Encontrar:
• 
Livraria Cultura, por R$ 27,90
• Shoptime, por R$ 24,90
• Submarino, por R$ 21,99

Esta matéria ajudou você?

+ 43 pessoas ajudadas

Comentarios