06 / 11 / 2015

Como utilizar minha experiência em meu favor?

por
http://www.empregos.com.br

Sou formada em Técnica de Enfermagem, mas nunca trabalhei na área. Consegui meu primeiro emprego para trabalhar em um projeto de Inclusão Digital, no atendimento direto ao público, durante cinco meses. Logo após o final do meu contrato, comecei a trabalhar como educadora social em uma ONG , com jovens entre 17 e 20 anos, durante quatro meses, abordando temas a respeito de sexualidade, mundo do trabalho, cidadania, qualidade de vida, drogas. Ao final do projeto, continuei a trabalhar na ONG, mas como assessora de projetos e na área administrativa. Como posso usar essa experiência a meu favor? Estou preocupada, pois desejo novos horizontes e não sei por onde começar.

Obrigado
Isabella Ignez
Duque de Caxias/RJ

 

Resposta:

Isabella,

Toda experiência na vida profissional será bem vinda, porém, é importante que tenhamos algum foco na direção do que queremos. Todo início de carreira, o chamado primeiro emprego, é mesmo difícil. Tendemos a aceitar as oportunidades que surgem, o que é natural. Essas oportunidades nos trazem experiência, de alguma forma, de como lidar com pessoas, com processos administrativos, com as questões formais do trabalho, etc. Porém, em algum momento temos que nos preocupar em identifica e definir nossos objetivos, o que chamamos de foco. Ter um objetivo/foco será importante para seu direcionamento. Mesmo que você aceite as oportunidades de trabalho que surgem, em paralelo você poderia traçar seu plano de busca visando ao seu foco de carreira, partindo do princípio que você já conheça seu objetivo. Por exemplo, se você tem claro que seu objetivo é seguir sua formação (técnica de enfermagem), você deve buscar formas para conseguir se inserir neste mercado. Caso contrário, você poderá se envolver com trabalhos com outras características, como vem fazendo, e dessa forma perde seu foco, com um risco ainda maior: a de ter várias experiências diferentes, mas não consolidando nenhuma delas, o que para a carreira é um risco.

Trace seu objetivo e boa sorte,
Matilde Berna,
Gerente de Transição de Carreiras da Right Management.

Esta matéria ajudou você?

Topicos:

Comentarios