19 / 07 / 2016

Como recuperar as informações da carteira de trabalho

Em caso de dano, perda, furto ou roubo – saiba como tirar a 2ª via desse documento indispensável na vida de todos os profissionais
por
http://carreiras.empregos.com.br/

Na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) são registradas todas as experiências de trabalho de um profissional. Esse é o documento capaz de garantir todos os direitos trabalhistas de uma pessoa, inclusive comprovar contribuição ao INSS e FGTS.

Mas o que fazer quando há manchas nesse documento, ou é perdido, furtado ou roubado?

Quem perdeu ou teve o documento furtado ou roubado, deve primeiramente abrir um Boletim de Ocorrência (B.O.), em uma delegacia de polícia.

Depois, basta se dirigir ao local onde você fez a sua carteira de trabalho, que pode ser a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de sua região, ou outra instituição que atenda seu estado, capaz de emitir a 2ª da carteira de trabalho. Pode ser a prefeitura de seu município ou um Posto de Atendimento ao Trabalhador.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
Você deverá apresentar o Boletim de Ocorrência, um documento de identificação (como RG ou Certidão de Nascimento), comprovante de residência e duas fotos 3×4 cm.

Se o seu problema é a Carteira de Trabalho danificada (quando as informações estão ilegíveis), você não precisa de B.O., mas deve levar a carteira manchada ou rasgada para fazer a 2ª via dela.

Verifique se o local onde você irá retirar a 2ª via da Carteira de Trabalho já possui o sistema digital e quais os documentos necessários para isso. Neste caso, por exemplo, não é preciso levar as fotos 3×4 cm, e o documento é entregue na hora.

 

COMO RECUPERAR AS INFORMAÇÕES DA CTPS
Para resgatar o número e os registros da CTPS perdida, furtada ou roubada, é preciso levar, junto com os documentos já mencionados, comprovantes de seus trabalhos anteriores, que podem ser: extrato do FGTS original (que tem o número da carteira), homologação dos antigos empregos e comprovantes de seguro desemprego.

Se você não tem nenhum desses recibos, pode procurar as empresas em que já trabalhou e pedir os comprovantes. Se a empresa não existe mais, você deve solicitar a recuperação desses dados na Superintendência Regional do Trabalho.

Outra opção é verificar seus dados junto ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que retém as informações de vínculos empregatícios. Para fazer o agendamento, ligue 135.

 

DATAS E PRAZOS
Não existe tempo limite para você solicitar uma nova Carteira de Trabalho após a perda, furto ou roubo, mas o ideal é fazê-la o quanto antes para evitar transtornos nas anotações dos próximos empregos.

Se você achou a carteira perdida só depois de emitir a 2ª via, não tem problema: você pode escolher com qual delas quer permanecer, desde que esteja corretamente registrada. Mesmo após a escolha, guarde bem as duas!

 

Esta matéria ajudou você?

+ 1020 pessoas ajudadas

Comentarios