06 / 11 / 2015

Apesar de ser dinâmica e interessada, posso perder no processo seletivo por nunca ter trabalhado?

por
http://www.empregos.com.br

Tenho 24 anos e nunca trabalhei. Gostaria de saber se isto pode me atrapalhar quando terminar minha faculdade – faltam 2 anos. Posso perder boas oportunidades porque não tenho experiência? Ainda assim, sou uma pessoa dinâmica e com características de líder, capaz de resolver qualquer situação difícil, também leio muito, faço cursos estou sempre interada. Gostaria de saber também como ser um executivo, o que ele faz na verdade. Qualquer empresa pode ter um? Qual é a sua função dentro de uma organização?

Geordanna Velasquez

 

Resposta:

Geordanna,

Acho que sua preocupação com o fato de nunca ter trabalho é legítima e está acontecendo no momento certo, ou seja, se faltam dois anos para você se formar, este é o momento ideal para começar a ter uma experiência de trabalho.
Hoje em dia é muito difícil para um recém-formado não ter nenhuma experiência de trabalho ou estágio, pois o mercado está muito competitivo. E entre um recém-formado com experiência e outro sem, os profissionais certamente privilegiarão o primeiro, porque preferem contratar o formando que já tenha realizado algum estágio durante o período da faculdade.

Este é o momento certo para você iniciar um estágio ou um trabalho, de preferência relacionado à sua formação acadêmica, vá em frente.

Quanto as suas aptidões, se você é uma pessoa dinâmica, tem características de liderança, sendo capaz de resolver situações difíceis e gosta de estudar, você tem qualidades essenciais que são solicitados hoje em dia para alcançar o sucesso profissional.

Apesar de nunca ter trabalhado, as características de sua personalidade apontadas no e-mail para o Empregos.com.br é uma vantagem. Estamos na era do conhecimento e é muito importante ler, fazer cursos, você está no caminho certo.

Ser dinâmica e ter liderança são outros pontos também muito positivos, já que são características fundamentais atualmente e que não se adquirem, de uma hora para a outra. Tê-las já é um bom começo.

Ler é ótimo, hoje conta muito. O conhecimento atualmente é muito volátil, está em transformação o tempo todo, por isso é preciso buscar atualização durante toda a sua vida profissional. Geordanna, o fato de gostar de ler, ser dinâmica e ter iniciativa é favorável à sua carreira profissional.

O outro item de seu e-mail é sobre o papel do executivo no mercado de trabalho e como se transformar em um. Tenha calma, a trajetória para chegar a ser um executivo precisa de muitos fatores que são alcançados durante toda a carreira, são valores que vão sendo agregados e que transformam um profissional num executivo.

Genericamente chamamos de executivo os profissionais de nível gerencial – de empresas públicas ou privadas – que comandam áreas e equipes, tomando decisões junto à cúpula da organização. O perfil geral de um executivo é:
1. Formação superior
2. Conhecimento de línguas estrangeiras
3. Busca por aperfeiçoamento profissional durante toda a carreira
4. Cursos, pós-graduações, MBA,
5. Desenvolvimento de novos negócios
6. Dinamismo
7. Liderança
8. Tempo de carreira
9. Crescimento profissional em empresas
10. Alcançar nível gerencial ou de diretoria
11. Ética, responsabilidade social, cidadania

Hoje os profissionais se tornam executivos muito mais cedo do que antigamente – antes de 20 anos de carreira.
Espero que tenha conseguido tirar todas as suas dúvidas e ajudar no desenvolvimento de sua carreira.

Boa sorte,

Adriana Fellipelli

Esta matéria ajudou você?

+ 1 pessoa ajudada
Topicos:

Comentarios