21 / 11 / 2019

Saiba como usar o seu 13° salário

Veja dicas valiosas para administrar bem o seu 13° salário e passar as festas de fim de ano tranquilo
por
http://www.empregos.com.br

Quando o fim de ano chega e ganhamos o 13° salário, a vontade é gastar com tudo o que se deseja, não é mesmo? Porém, a difícil realidade é que o 13° não dura para sempre e, ao primeiro descuido, você já não tem mais nada nos bolsos – e nem fez metade do que gostaria. Se você vai receber o primeiro salário ou já está no mercado há alguns anos, dezembro e as festas de fim de ano vão te empolgar bastante, então, tenha cuidado.

Afinal, como manter a promessa de não extrapolar os gastos ou ter equilíbrio para gerir o seu 13°? Confira, agora, essas orientações para ficar de bem com o cofrinho:

 

Leia também > Dicas para conseguir um aumento de salário

 

Como usar melhor o seu 13º salário?

 

Pagar as dívidas

Quem tem alguma pendência financeira precisa priorizar o pagamento com a chegada do 13° salário. Pague prioritariamente as contas que têm mais juros, como o cartão de crédito e o cheque especial – onde as pessoas geralmente erram. É necessário perder o hábito de incorporar o valor disponível do cheque especial e do cartão de crédito à sua renda mensal e, principalmente, recordar-se das altas taxas de juros cobradas pelas instituições financeiras.

 

Quitar despesas de 2019

Sem sombra de dúvidas, preparar-se para os gastos com IPVA, IPTU, matrícula de cursos e material escolar é a melhor coisa que se pode fazer com o 13°. Assim, você consegue adiantar o  pagamento à vista, evitando o endividamento – além de receber um bom desconto no IPTU.

 

Melhores investimentos para o que sobrar

Cerca de 20% do seu 13° (ou mesmo do seu salário) deve ser guardado, seja na poupança ou em uma boa carteira de investimentos. O ideal é planejar a curto, médio e longo prazos.

É importante ter metas e objetivos bem-desenhados para não correr o risco de antecipar o resgate do dinheiro e perder tudo o que ganhou pagando impostos e taxas. Sempre deixe uma reserva em uma aplicação que tenha liquidez, ou seja, uma que permita resgatar rapidamente o dinheiro em casos emergenciais, sem perder os investimentos.

Para quem pensa em investir em médio prazo, é recomendável os fundos de investimentos. E para longo prazo, títulos na Bolsa de Valores é a melhor opção, mas não se aventure em mercados desconhecidos. Seu dinheiro é sua responsabilidade e, hoje, temos muita informação disponível na internet, livros e cursos em escolas especializadas. Faça uma boa pesquisa e escolha qual opção será melhor para o rendimento.

 

E os presentes?

Autocontrole, disciplina e planejamento para ir às compras são essenciais. Para não passar as festas em branco, aposte em lembrancinhas ou abuse da criatividade e faça você mesmo os presentes da família. Outra alternativa é aproveitar as promoções de Black Friday que acontecerão no fim de novembro. Várias lojas realizam boas ofertas, sendo uma ótima oportunidade para economizar.

 

Uma boa estratégia para as pessoas começarem o próximo ano de bem com as finanças é ter limites para tudo. Adote o método de planejamento financeiro em que: cerca de 50% dos seus rendimentos serão destinados ao pagamento de contas; 30%, ao estilo de vida (lazer e presentes); e 20% será investido. Dessa forma, você tem dinheiro para tudo!

 

Lembre-se: ter metas e objetivos bem-estruturados também ajudam as pessoas a planejarem melhor suas finanças. Por isso, fique atento também às piores coisas que você pode fazer com o seu dinheiro.

Esta matéria ajudou você?

+ 5 pessoas ajudadas

Comentarios