31 / 05 / 2016

5 formas de descobrir se o seu salário é justo

Buscar informação sobre o assunto regularmente, para não ser “esquecido” pelo RH, é uma das formas de manter o salário atualizado e compatível com o que você faz
por
http://www.empregos.com.br

Na hora de negociar um aumento ou apresentar uma pretensão salarial numa entrevista de emprego, saber qual é o valor do seu “passe” no mercado de trabalho, faz toda a diferença.

Mas, como saber qual é o salário adequado para você com tantas variáveis envolvidas nessa equação – para não falar no tabu que envolve o assunto?

O consultor britânico Bernard Marr reuniu algumas táticas para ajudar quem busca referências sobre a remuneração em sua área.

É comum que pessoas que passam muito tempo numa única empresa fiquem para trás e não recebam o salário que merecem, simplesmente porque elas não checam os padrões do mercado e deixam de pedir aumentos”, escreve Marr em seu LinkedIn.

Veja a seguir 5 dicas do consultor para descobrir o intervalo salarial mais compatível com a sua função:

1-Acesse sites com informações sobre a remuneração praticada na sua área
Portais e ferramentas disponíveis na internet são um bom ponto de partida para conhecer os salários oferecidos pelo mercado. No Brasil, sites como Empregos.com.br trazem informações do tipo.

2-Consulte seus pares
Uma maneira óbvia de saber como vai a remuneração média do mercado é consultar colegas de profissão a respeito. Mas, claro, isso pode ser muito constrangedor.

Para Marr, uma boa saída é perguntar algo mais genérico, como “Este salário mensal parece correto para você?” ou “Parece alto ou baixo para você?”. Mesmo sem uma resposta exata, você pode descobrir a posição do seu empregador em relação à média quando o assunto é remuneração.

3-Procure pelo seu próprio emprego na internet
Outra sugestão do consultor britânico é tentar encontrar a uma vaga parecida com a sua em sites de recrutamento. É bom lembrar que você deve consultar oportunidades que se assemelhem ao máximo ao seu emprego, desde a localização geográfica até o porte do empregador.

4-Entre em contato com organizações profissionais
De sindicatos a grupos no LinkedIn, há diversas associações que podem ser consultadas sobre as médias salariais de uma área.

Em alguns casos, a consulta pode ser feita pela internet, mas também pode ser necessário entrar em contato direto com seus representantes.

5-Busque referências na área pública
No Brasil, a Lei do Acesso à Informação exige a divulgação da remuneração dos funcionários públicos. Outra dica de Marr é consultar os salários de algumas funções públicas parecidas com o que você desempenha.

Esta matéria ajudou você?

+ 6 pessoas ajudadas
Fonte: Exame

Comentarios