10 / 12 / 2015

Mesmo com a crise, cooperativas ampliam produção e geram empregos

Cooperativas movimentaram R$ 56,5 bilhões em 2015 e Paraná tem gerado muitos empregos
por
http://www.empregos.com.br

O estado do Paraná tem ido na contramão do cenário de cortes, investimentos e demissões de funcionários.

As cooperativas agrícolas do estado estão investindo em novas linhas de produção e contratando.

Segundo a Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), as 220 cooperativas filiadas devem alcançar movimentação econômica superior a R$ 56,5 bilhões em 2015, o que representa um crescimento de 13% em relação ao valor obtido no ano passado.

cooperativasempregos

Flávio Turra, gerente da Ocepar, comenta que “As cooperativas são empresas que, em sua maioria, tem cerca de 50 anos de idade, empresas consolidadas, que vêm nos últimos anos fazendo investimentos. Esses investimentos estão dando resultados agora”.

Ainda conforme a Ocepar, o setor exportou mais de R$ 8,5 bilhões. Além disso, os investimentos das cooperativas agropecuárias atingiram mais de R$ 2,3 bilhões, com 60% desse total destinado ao processo de agro industrialização.

As cooperativas também têm conseguido gerar empregos. Dados da Ocepar apontam que foram gerados mais de 82 mil empregos diretos e 2,6 milhões de postos de trabalho.

Para o ano que vem, as perspectivas também são de crescimento. Tem cooperativa que vai investir R$ 80 milhões, aumentando a produção de frangos e suínos. Para isso, 300 novas vagas de emprego já estão garantidas para os seis primeiros meses de 2016.

“Esses investimentos estão gerando empregos, principalmente nas indústrias. Nós temos no interior até escassez de mão-de-obra nesse momento de crise”, analisa Flávio Turra.

“Mesmo na hora das dificuldades, tem as oportunidades. No planejamento que realizamos em alguns anos, com investimentos que tragam benefícios e oportunidades para o cooperado, tragam emprego, que é essencial para a sustentação de uma sociedade”, confirma Walter Pittol, presidente da Copacol Cooperativa Agroindustrial.

Esta matéria ajudou você?

Fonte: G1

Comentarios