26 / 01 / 2017

Qual o momento certo para realizar uma transição de carreira?

A transição de carreira requer novos aprendizados, desenvolvimento de novas competências e preparação para lidar com novas situações
por
http://empregos.com.br

O desejo por uma carreira que ofereça maiores perspectivas de crescimento, a falta de sentido naquilo que se faz, a insatisfação com o líder ou com a empresa, e o sentimento de que sua escolha profissional não explora seus verdadeiros talentos, costumam ser os maiores motivadores para uma transição de carreira.

Além desses, muitas vezes as pessoas são “empurradas” para uma transição de carreira por outros fatores, como por exemplo:

• Estresse e busca por qualidade de vida: a falta de tempo com a família e o cansaço excessivo comum em algumas profissões.

• Crise: mudanças estruturais no mercado, ainda que pontuais e motivadas por crises, podem induzir diversos profissionais a terem que se adaptar a novos contextos.

• O avanço tecnológico: a evolução tecnológica faz com que novas profissões surjam e outras desapareçam. Além disso, os avanços tecnológicos fazem com que o trabalho a ser realizado no dia a dia seja totalmente diferente e exija novas habilidades.

• O limite de idade: é o caso dos atletas, que são profissionais expostos a um limite natural que os impede de seguir na mesma profissão a vida toda.

Então, se não estamos diante de uma transição de carreira que ocorre de forma inesperada, como pode ocorrer atualmente, diante da situação pouco otimista do mercado ou mesmo por outras questões individuais, devemos observar os seguintes passos:

Primeiro, é preciso entender o que buscamos a curto, médio e longo prazo; nem sempre a solução imediata é a que trará um resultado sustentável. E a maioria das pessoas ainda não despertou para a importância de pensar em médio e longo prazo.

Em segundo lugar, é necessário identificar se a mudança é de área de atuação dentro de uma mesma profissão ou algo mais radical, em outra área. É importante essa investigação, pois ajuda a identificar a verdadeira identidade e os verdadeiros talentos, bem como os fatores que mais pesam na decisão de mudar.

No terceiro passo, é necessário pensar nos recursos para a mudança, estabelecer as bases para, por último, executar a mudança de fato.

Então, o quarto passo é entender como deseja atingir os objetivos de curto, médio e longo prazos e avaliar oportunidades e mercados que satisfaçam seus critérios.

É importante ponderar que deixar de exercer uma atividade na qual já se tem experiência e conhecimento para se lançar para outras oportunidades não é algo que acontece da noite para o dia.

Para dar passos seguros rumo ao sucesso na carreira, é preciso que cada escolha faça parte de um plano com objetivos bem definidos, de curto, médio e longo prazo, pois toda essa jornada exige planejamento e acompanhamento.

A palavra-chave na transição de carreira é planejamento. O melhor momento é aquele em que a sua preparação encontra a oportunidade, portanto comece a tratar a sua carreira de forma alinhada a seus valores e reformule o seu modelo mental para desenhar objetivos profissionais de curto, médio e longo prazos.

Rodapé Cristina

Esta matéria ajudou você?

+ 5 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios