06 / 11 / 2015

Qual é a dinâmica mais adequada para estimular uma mudança de atitude?

por
http://www.empregos.com.br

Gostaria de obter um exercício de dinâmica de grupo ao qual os participantes conseguissem enxergar sua importância no mundo, provando-lhes que suas atitudes interferem muitas vezes na vida dos outros e vice-versa (nexo causal). Não consigo encontrar um material que aborde diretamente este assunto. Será que você pode me ajudar?

Eduardo Campos

 

Resposta:

Olá Eduardo,

Os objetivos desta coluna são discutir a utilização de dinâmicas de grupo principalmente nos processos de seleção, aspectos técnicos e práticos deste instrumento, o papel do Facilitador na condução desta técnica, além de elucidar dúvidas dos candidatos nos processos seletivos.

É difícil descrever e sugerir dinâmicas sem conhecer a situação a fundo, mas vou abrir uma exceção para você, considerando o momento pelo qual o mundo passa. Devemos nos tornar conscientes de que todos os nossos atos influenciam as pessoas, assim como somos – direta e indiretamente – influenciados por elas.

Quando desenvolvi este exercício buscava a sensibilização dos profissionais de Recursos Humanos quanto à influência que sofrem durante toda a vida. E se são influenciados por alguém, o inverso também é verdadeiro. Conclusão: tudo o que fazemos e falamos tem seu peso na vida das pessoas e da sociedade.

Há anos utilizo com grande sucesso esta dinâmica que sempre provoca elevados níveis de sensibilização e conscientização.

Podem ser enfocados os papéis profissional, pessoal ou ambos. No fechamento, direcione para as necessidades de seu grupo e expectativas de sua organização. Elabore um impresso bem atraente colocando, por exemplo, as afirmativas dentro de figuras geométricas diferentes. Isto dá um ótimo movimento. Aqui a versão é simplificada.

Que profissional eu escolho ser?

1º momento

  • Solicitar que, individualmente, os profissionais respondam ao impresso.
  • No campo “influências” escrever apenas as características da pessoa em questão, sem necessidade de mencionar nomes.
  • Salientar que tanto as “influências motivadoras” quanto as “desmotivadoras” podem gerar conseqüências positivas ou negativas.

2º momento

  • Em subgrupos (de 3 a 5 participantes), solicitar que apresentem seu exercício para os demais.
  • Ao término, deverão tirar conclusões sobre:
    – Aspectos iguais e diferentes que apareceram nos exercícios de todos
    – Conclusões sobre as conseqüências das influências na vida de cada um
    – Analogias com a empresa
    – Analogias com a sociedade
    – Aprendizagens (ou reaprendizagens) do grupo com o exercício

3º momento

  • Em grupo aberto, cada equipe apresenta suas conclusões.
  • Em função do relato, fazer o fechamento do exercício para as necessidades do momento, buscando o comprometimento do grupo quanto ao tema.

Impresso

Que profissional eu escolho ser?

Considerando os profissionais com os quais você trabalhou (ou todas as pessoas que passaram e passam pela sua vida), escreva nos campos respectivos as influências que trouxeram para a sua vida profissional. Considere apenas as características; as identificações são desnecessárias.

Influências motivadoras ou facilitadoras
Influências desmotivadoras ou inibidoras
Conseqüências das influências motivadoras ou facilitadoras na sua vida profissional
Conseqüências das influências desmotivadoras ou inibidoras na sua vida profissional
Conclusões

Sucesso e paz profunda a você!

Dra. Izabel Failde

Esta matéria ajudou você?

+ 30 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios