27 / 04 / 2017

Candidatos devem ter cuidado nas redes sociais

“A imagem de um profissional bem cuidado e de sucesso é um cartão de visitas que ninguém hoje pode desperdiçar”
por
http://empregos.com.br

Como um seres integrais que somos, ao tratarmos da nossa vida profissional, devemos nos atentar para alguns comentários e comportamentos.

Concordo em ter de ser autêntico, mas em cada situação e contexto social é exigido de nós uma adequação de comportamento. Afinal, ninguém se apresenta diante de um juiz no tribunal sem camisa ou vestindo short.

Tratando da esfera profissional em particular, quero chamar atenção para alguns cuidados com seu perfil nas redes sociais. E não adianta dizer que você tem um perfil pessoal e outro profissional, se você não cuidar do que posta e do seu nível de privacidade, pode ser exposto sem que perceba.

Então, sim: tenha um perfil para seu currículo online, com suas formações, experiências e, principalmente, recomendações. Sendo você um profissional de resultados, participativo e engajado, não terá problemas em conseguir referências dos colegas e superiores.

Sua foto deve refletir seu engajamento e postura profissional, por isso, nada de fotos ousadas ou com bebidas na mão.

Pense que os recrutadores recebem muitos currículos para suas vagas, e a primeira impressão ajuda no primeiro filtro. A imagem de um profissional bem cuidado e de sucesso é um cartão de visitas que ninguém hoje pode desperdiçar.

Muitos profissionais preenchem tudo perfeitamente no perfil, mas no final colocam um comentário do tipo: “Eu odeio segunda-feira!” Será que o recrutador vai se sentir tentado a te escolher para uma entrevista?

Para os que separaram o perfil pessoal do profissional, foram contratados e depois de alguns meses começam a adicionar seus colegas de trabalho no perfil pessoal: tenha muito cuidado com o que você posta.

Não adianta nada se nesse perfil tem fotos de festas todas as semanas, comentários maldosos sobre outras pessoas e as situações do dia a dia são expostas.

Apesar de ser o seu perfil, onde você tem o direito de se expressar livremente, pense que a empresa também tem os seus valores e princípios. Os recrutadores usam as redes sociais para coletar informação complementares sobre os candidatos e analisar comportamentos.

Algumas dicas para quem tem perfil nas redes sociais e precisa cuidar da sua imagem profissional:

• Contribua de forma construtiva com seus comentários, se não tem o que acrescentar de bom, não se manifeste. Comentários preconceituosos e radicais sobre apenas de um lado do fato podem te queimar diante dos profissionais de RH.

• Cuidado com os “amigos” que podem fazer comentários sobre sua vida pessoal e que afetam sua imagem profissional. O fato de ter dois perfis na mesma rede social cria a sensação de que você esconde algo e não é sincero. Por isso, cuide de quem você irá adicionar no perfil.

• Se um colega de trabalho é seu contato no Linkedin e te pede para ser adicionado no Facebook, você deve deixar claro se o seu Facebook é reservado à família. Se abrir exceção para um colega, não terá coerência no discurso.

• Evite divulgar detalhes sobre o seu trabalho, isso pode beneficiar empresas concorrentes e colocar em risco o seu emprego. Menos é mais, então, veja com a área de comunicação se a informação pode prejudicar a imagem da empresa e, indiretamente, a sua.

• Seus colegas de trabalho podem não gostar de saber que a causa do seu cansaço ou da sua ausência é aquela festa que você foi e sobre a qual publicou diversas fotos, dizendo que passou mal.

• Seja seletivo ao aceitar seus contatos, especialmente nas redes sociais em que sua vida pessoal é mais exposta. Quanto maior a sua rede, maior o número de pessoas com acesso às suas informações.

• Nunca repasse mensagens que possam gerar pânico ou afetar outras pessoas, sem antes checar a veracidade da informação. Tenha senso crítico sobre tudo o que lê.

• Seja cuidadoso ao falar sobre as ações, hábitos e rotina de outras pessoas. Coloque-se no lugar da outra pessoa e tente entender como você se sentiria ao saber que aquilo está se tornando público.

Esta matéria ajudou você?

+ 32 pessoas ajudadas

Comentarios