Técnico ou tecnólogo: qual a melhor opção?

Conheça as principais diferenças entre as duas opções de curso e descubra qual é a modalidade certa para você!
por
http://www.empregos.com.br

Nos últimos anos, no Brasil, é possível perceber um aumento da oferta de qualificação de nível técnico e tecnológico – formações que turbinam a sua carreira e aumentam as suas chances de conseguir um bom emprego.

Mas qual a melhor opção: curso técnico ou de tecnólogo? Qual a diferença entre eles e qual vale mais a pena fazer?

A principal diferença entre o curso técnico e o curso de tecnólogo é o nível de escolaridade. O curso técnico é uma formação de nível médio. Já o curso de tecnólogo é uma graduação de nível superior.

Além do nível de escolaridade, os cursos técnicos e de tecnólogo diferem em três principais aspectos:

1-Duração
Um curso técnico pode durar apenas alguns meses ou mais de 3 anos. Os cursos superiores de tecnologia duram entre 2 e 3 anos.

2-Requisitos
Cursos de nível tecnológico sempre exigem o ensino médio completo e normalmente o candidato precisa passar por um processo seletivo (vestibular, Enem, etc.). Existem cursos técnicos para quem fez apenas o ensino fundamental incompleto, ensino fundamental completo, ensino médio incompleto ou ensino médio completo.

3-Formação para o mercado
Embora os cursos técnicos e tecnológicos tenham como foco preparar profissionais para a realidade do mercado de trabalho, os cursos técnicos formam profissionais mais operacionais, enquanto os cursos superiores de tecnologia preparam o aluno também para atuar em cargos de gerência.

técnico ou tecnólogo

CURSOS TÉCNICOS
O curso técnico subsequente é para quem já tem o certificado de conclusão do Ensino Médio e quer fazer uma formação específica para entrar no mercado de trabalho.

O curso técnico concomitante pode ser feito por quem já concluiu a primeira série do ensino médio. O aluno faz dois cursos ao mesmo tempo, só que em paralelo, em uma mesma instituição ou em instituições diferentes.

Já o curso técnico integrado, as disciplinas do ensino médio e do ensino técnico estão atreladas, e prepara o aluno para uma profissão ao mesmo tempo em que ele cumpre a carga do ensino médio.

Por fim, os cursos de formação Inicial e Continuada (FIC) ou Qualificação Profissional são cursos técnicos de curta duração, voltados para trabalhadores, estudantes de ensino médio e beneficiários de programas federais de transferência de renda (como o Bolsa Família, por exemplo). Dependendo do curso, pode ser necessário apenas o ensino fundamental incompleto.

CURSOS TECNÓLOGOS
Para fazer um curso de tecnólogo, o estudante precisa ter concluído o ensino médio e também pode já ter feito o ensino técnico. Isso porque essa formação é de nível superior, ou seja, acima do técnico.

Confira no Portal do MEC o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia para conhecer as opções de cursos tecnólogos que você pode investir.

Esta matéria ajudou você?

+ 43 pessoas ajudadas

Comentarios