21 / 10 / 2015

Um time contra o desemprego

Com o objetivo de promover orientação profissional e apoio na busca de emprego
por
http://www.empregos.com.br

Por Luís Pereira

O desemprego, sabe-se, não afeta apenas o bolso dos indivíduos. A falta do emprego – ou do trabalho, propriamente dito – pode causar diversos malefícios para os cidadãos, como desmotivação, baixa auto-estima e até depressão, problemas psicológicos. Neste caso ainda, o tempo é fator agravante. Quanto mais tempo desempregado, mais problemas se acumulam. Anos de desemprego, além de intensificarem as questões psicológicas, significam a perda de tino com o negócio e o ganho de uma grave lacuna no curriculum vitae.

Pensando nestes casos foi que a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) do governo de São Paulo foi buscar conhecimento no exterior para desenvolver o Time do Emprego, um programa de reorientação e recolocação profissional. “Num convênio de transferência de tecnologia de sistemas de emprego e renda entre SERT e o Canadá, técnicos brasileiros conheceram o Grupo do Emprego, uma iniciativa do governo canadense para reposicionar no mercado cerca de seis mil trabalhadores que se encontravam desempregados devido ao fechamento de uma indústria da área metalúrgica”, explica Bianca Briguglio, socióloga e facilitadora do Time do Emprego.

Com o objetivo de promover orientação profissional e apoio na busca de emprego ou ocupação, o Time do Emprego atua na preparação dos trabalhadores para a participação em entrevistas de emprego, elaboração de currículo, postura, auto-estima, planejamento financeiro etc. “Trabalhamos muito com dinâmica de grupo e dramatização. Além de passarmos técnicas de entrevista, a gente cria uma situação para treiná-los”, esclarece Cláudia Imenez, psicóloga e também facilitadora do programa.

Segundo a própria descrição da SERT, o Time do Emprego ajuda os trabalhadores nos seguintes quesitos:

  • conhecer a si mesmo
  • reconhecer suas habilidades
  • preparar seu currículo
  • apresentar-se numa entrevista
  • participar de dinâmicas
  • preencher formulários
  • estabelecer metas de trabalho e de vida
  • fazer planejamento financeiro
  • conhecer o mercado de trabalho

O conteúdo do programa é desenvolvido em 12 encontros semanais de três horas de duração cada. Os times são formados por grupos de 20 a 30 pessoas e o trabalhador participa até que consiga um emprego ou ocupação. “Nem todos que participam do Time do Emprego vão até o final, porque conforme as pessoas vão arrumando emprego, elas vão deixando o grupo”, afirma Briguglio.

Ao longo da orientação e andamento do grupo, a média de recolocação é de 55%, segundo dados do próprio SERT. “Alguns arrumam empregos após o fim dos encontros. Ainda estamos fazendo um levantamento desta porcentagem”.

Mais do que simplesmente ter como objetivo único a recolocação profissional, o Time do Emprego atua fortemente na motivação e auto-estima do trabalhador. “A gente tenta, no curso, ressaltar as qualidades que eles têm. Muitos deles não conhecem as próprias habilidades. A gente ajuda a cobrir as capacidades e as competências e, com isso, a auto-estima vai aumentando”, finaliza Imenez.

As inscrições para o Time do Emprego são feitas nos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT), e a próxima turma está prevista para acontecer em fevereiro. Para maiores informações, telefone para (11) 3241-7202 ou envie um e-mail paratimedoemprego@emprego.sp.gov.br

Esta matéria ajudou você?

Topicos:

Comentarios