27 / 10 / 2015

Reflexão Profissional

Consultoria incentiva profissionais a refletirem sobre suas carreiras, estabelecendo metas e pontos de melhoria.
por
http://www.empregos.com.br

Fazer uma reflexão profissional é um passo determinante para avançar na carreira, já que é uma oportunidade de avaliar que passos devem mudar de rota e que caminhos deram certo. A Right Management, consultoria organizacional especializada em gestão de talentos e carreira, incentiva os profissionais a aproveitarem o momento do começo do ano, quando já existe uma predisposição para um balanço da vida pessoal, a fim de estabelecer também metas profissionais para o ano seguinte.

Segundo  Elaine Saad, country manager da Right Management para América Latina,é muito importante que, no início do ano, todo profissional faça um plano com objetivos bem definidos para os próximos meses que virão, contemplando os projetos que quer concretizar, que tipo de aprimoramento pretende fazer, que avanço profissional gostaria de ter, etc. A executiva acredita que o balanço deve envolver, ainda, uma contabilização do que foi positivo e do que foi negativo, avaliando os resultados alcançados e as oportunidades que geraram desenvolvimento e melhoria para sua carreira.

A consultoria elaborou um “guia” para orientar os profissionais nessa avaliação, reunindo quatro questões que devem ser revisitadas regularmente para avaliação da carreira profissional. A reflexão para elaboração das respostas prepara o profissional para a adoção de ações que contribuam para o seu desenvolvimento.

1- Você sabe qual é a sua contribuição?
Mantenha uma visibilidade positiva para que os principais líderes da sua organização saibam quem você é e como contribui para a empresa. Criar resultados é a estratégia de carreira mais importante. Mantenha padrões de alto desempenho e contribua positivamente de forma consistente.

2- Você seria um candidato ideal caso se candidatasse à sua vaga hoje?Avalie se você conseguiria conquistar a sua vaga se ela estivesse em aberto. Quantifique e qualifique todas as suas realizações, tanto no trabalho quanto fora dele. Familiarize-se com as tendências do setor, os valores de salário, o seu valor de mercado e estabeleça relacionamentos fortes com as lideranças da empresa e profissionais da sua área que inspirem a sua admiração.

3- Se o seu cargo desaparecesse amanhã, você teria um plano de carreira?
Mantenha-se ativo com a sua rede de conhecidos e mantenha um currículo atualizado. Saiba quais são as suas chances e o valor que você traz para uma empresa, incluindo a sua empresa atual. Desenvolva um plano de carreira para que sempre tenha um horizonte visível. Assim você sabe para onde está indo e por quê.

4- Você está aprendendo?
Mantenha um compromisso constante com o autodesenvolvimento. Antecipe-se às necessidades futuras da sua organização e desenvolva-se para atender essas necessidades. Beneficie-se de oportunidades e aprendizado, incluindo cursos de treinamento, conferências do setor e grupos profissionais. Seja proativo em buscar novos projetos que o ajudarão a aprender, crescer e expandir as suas competências.

A executiva da Right aconselha o profissional a fazer uma sessão de feedback, ou seja, ouvir de outras pessoas o que acharam de seu desempenho e que dicas ou sugestões teriam para você. Esse feedback contribui muito para um planejamento de ações para o restante do ano.

Também é importante que o profissional faça uma análise sobre quais foram seus desafios no ano que passou e o quanto conseguiu progredir. Para isso, o feedback do passo anterior será muito importante uma vez que nem sempre se tem isso muito claro. “Avaliar o quanto você conseguiu avançar nas metas estabelecidas para 2010 é importante e se o saldo foi negativo, procure saber também quais foram os fatores que comprometeram o resultado”, aconselha Elaine Saad. Segundo ela, essa é uma ação importante que ajuda o profissional a identificar questões pessoais que merecem mais atenção ou até questões do ambiente que podem não ser do seu controle, mas que, uma vez identificadas, poderiam ter gerado uma ação diferente de sua parte.

Depois de feita a reflexão, chega o momento de projetar seus objetivos para o ano, sem cair na armadilha de fazer este exercício com prazos muito longos. “É comum estabelecer objetivos longos como comprar uma casa um dia, terminar a faculdade após quatro anos, querer ser diretor no máximo em cinco anos, conquistar uma carreira internacional em x tempo”, afirma Elaine Saad, que alerta, ainda, que é raro as pessoas fazerem planos mais imediatos, de resultado para aquele ano e com metas mais simplificadas.

Elaine Saad sugere que o profissional se questione sobre o que pode ser aprimorado, de que forma ele gostaria de encerrar o próximo ano, que projetos pessoais e profissionais podem ser definidos no início do ano, se eles são possíveis de serem realizados em 2011 e como essas metas trariam desenvolvimento para você. “Ser proativo, energético, focado, dedicado e disciplinado é fundamental para um bom resultado em 2011 para qualquer profissional e deve constar na sua lista de metas”, aconselha.

Esta matéria ajudou você?

+ 3 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios