25 / 06 / 2015

Os 5 desafios das equipes

Finanças? Não. Estratégia? Também não. Tecnologia? Muito menos.
por
http://www.empregos.com.br

Finanças? Não. Estratégia? Também não. Tecnologia? Muito menos. O trabalho em equipe continua sendo a vantagem competitiva definitiva – precisamente por ser tão poderoso e, ao mesmo tempo, tão raro. “Se você pudesse conseguir que todas as pessoas de uma organização remassem na mesma direção, poderia dominar qualquer setor industrial, em qualquer mercado, contra qualquer concorrente e em qualquer momento”, diz o autor, Patrick Lencioni, logo na introdução de Os 5 Desafios das Equipes.

A frase, que ele sempre repete para grupos de líderes, causa um certo desespero, na medida que, apesar de toda a atenção que o tema tem recebido dos estudiosos, treinadores, professores e da mídia, o trabalho em equipe continua a ser algo difícil de definir, dentro da maioria das organizações. Segundo Lencioni, o fato é que as equipes, exatamente porque são compostas de seres humanos imperfeitos, possuem disfunções inerentes.

No entanto, este trabalho não está condenado, longe disso. Na verdade, Lencioni mostra que montar uma equipe forte não é apenas possível, mas incrivelmente simples. E difícil, claro. O autor parte do pressuposto que só os grupos que superam tendências comportamentais “humanas demais” conquistam o sucesso. Para facilitar a assimilação deste tema complexo, o livro foi concebido como um história escrita no contexto de uma empresa típica, porém fictícia.

Para auxiliar a aplicação dos princípios do livro nas organizações, há uma seção especial com os cinco desafios de forma detalhada, um modelo composto para a avaliação de equipes, e ferramentas sugeridas para superar os problemas que possam estar afetando o grupo. O livro é direcionado tanto para o líder de um pequeno departamento dentro de uma empresa, quanto para o membro de uma equipe que pode melhorar.

Uma fábula sobre liderança

Em Os 5 Desafios das Equipes, Patrick Lencioni traz uma fábula sobre liderança que é tão instrutiva como os seus dois primeiros best-sellers, “As cinco tentações de um executivo principal” e “As quatro obsessões de um executivo extraordinário”. Dessa vez, ele volta sua capacidade de contar histórias para o fascinante e complexo mundo das equipes. Kathryn Petersen, a executiva principal da empresa fictícia DecisionTech, enfrenta a crise crucial da liderança: unir uma equipe que está em tal estado de desordem que ameaça fazer ruir toda a empresa. Será que ela vai conseguir? Será que vai ser demitida? E a companhia, fracassará? Este envolvente conto de Lencioni serve como um lembrete permanente de que liderança exige tanto coragem como insight, na mesma medida.

Ao longo da história, Lencioni revela as cinco disfunções que estão no cerne do motivo que faz com que as equipes, mesmo as melhores, briguem com freqüência. O autor constrói um modelo extremamente eficaz, com etapas executáveis, que podem ser usado para superar esses obstáculos tão comuns e montar uma equipe coesa e efetiva.

Patrick Lencioni é presidente da The Table Group, empresa de consultoria administrativa sediada na área da Baía de São Francisco, além de autor dos best-sellers The Four Obsessions of an Extraordinary Executive (As quatro obsessões de um executivo extraordinário) e The Five Temptations of a CEO (As cinco tentações de um executivo principal).

Além do seu trabalho como treinador e consultor de executivos, Pat é um palestrante muito solicitado. Antes de fundar a The Table Group, trabalhou na empresa de consultoria administrativa Bain & Company, na Oracle Corporation e na Sybase, onde foi vice-presidente de desenvolvimento organizacional.

 

Esta matéria ajudou você?

+ 1 pessoa ajudada

Comentarios