26 / 10 / 2015

Está na hora de mudar de emprego?

É preciso coragem para reconhecer esse momento e partir para uma nova experiência
por
http://www.empregos.com.br

Por Clarissa Janini

Quem nunca pensou em largar um emprego insatisfatório, mas teve medo de se arriscar? O receio do desemprego faz com que muitas pessoas atuem em áreas ou locais que pouco trazem prazer e crescimento pessoal – no máximo, alguma sensação de conforto e estabilidade. O que fazer quando a dúvida de mudar ou não de emprego bate à porta? Segundo os especialistas ouvidos peloEmpregos.com.br, a melhor saída para o trabalhador insatisfeito é ter coragem e encarar um novo desafio.

Marcos Hashimoto, palestrante e professor da Business School São Paulo, é categórico ao afirmar que, na dúvida, a mudança é o melhor caminho. “Hoje em dia ninguém mais está garantido no mercado. Se você estiver em dúvida sobre deixar ou não o emprego atual, pense que o pior que pode acontecer é não dar certo. E tire uma lição positiva de tudo isso, pois esse tipo de experiência traz um grande aprendizado”. Ele conta que, em suas palestras, gosta de usar a seguinte metáfora: “Quando você vir uma estrela e tiver vontade de segui-la, vá em frente, sem receios. Se ela lhe levar para um lugar escuro, pense que, pelo menos, você soube que aquela não era a estrela da sua vida”.

Segundo a gerente de RH da SOS Computadores, Esmeralda Queiroz, o fator que mais leva um profissional a querer mudar de emprego é a falta de perspectivas de crescimento na empresa. “É quando o trabalho atual não proporciona os desafios que você está buscando. Além desta, existem outras questões que levam à insatisfação, como baixa remuneração, ambiente de trabalho desagradável, mau relacionamento com os superiores, entre outros”. Ela também acha que o desconforto no emprego deve ser maior que o medo da mudança. “Ao buscar experiências novas, você estará fazendo algo para si próprio. Lembre-se de que você é o gerente da sua carreira”.

Ajuda especializada
Existem hoje diversas consultorias que prestam serviço a profissionais que têm a intenção de mudar os rumos da carreira. Sílvio Celestino, especialista em marketing pessoal, diz que atende não só a pessoas com vasta experiência, mas também a muitos recém-formados. “Muitos profissionais mais novos enxergam o futuro de maneira equivocada e acabam se frustrando. O trabalho de coaching, neste caso, costuma trazer resultados mais rápidos”. Marcelo Pedra, gerente de RH da SPCOM, também acha que muitos jovens de hoje têm perspectivas inviáveis em relação à realidade. “Acontece como no caso do sonho de tornar-se jogador de futebol. A criança vai crescendo e descobre que a tarefa não é tão simples assim de ser concretizada”. Para ele, a melhor maneira de não se deixar levar por falsas expectativas é manter-se constantemente atualizado.

Alguns sintomas de que o trabalho atual não vai nada bem:

  • Você acorda desmotivado para o trabalho e só se recupera ao voltar para casa;
  • Tem perspectivas pragmáticas e nada positivas sobre seu crescimento na empresa;
  • O salário e o relacionamento com colegas/superiores não lhe agradam;
  • O único motivo pelo qual trabalha na empresa é financeiro

Confira algumas dicas para ter sucesso na mudança de emprego:

  • Não espere pelo pior e seja você mesmo o agente da mudança;
  • Mantenha seu network sempre atualizado;
  • Tenha real noção da empregabilidade de sua função no mercado;
  • Caso esteja inseguro, mantenha o canal aberto com a empresa anterior;
  • Se achar necessário, busque ajuda de um consultor de carreira;
  • Empenhe-se para atuar em algo que realmente goste

Esta matéria ajudou você?

+ 4 pessoas ajudadas
Topicos:

Comentarios