A procura do candidato ideal para suas vagas em aberto? Anuncie no Empregos.com.br[close]

Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



(07.01.09)

O sucesso, o poder da alegria, do entusiasmo, gerando soluções criativas

Maria Inês Felippe*

O sentimento do sucesso, o poder da alegria e o entusiasmo levam as pessoas a patamares mais elevados, de onde vislumbram imensas possibilidades. Essa é a grande fonte da criatividade. O entusiasmo é uma das características mais privilegiadas pelas empresas, já que o entusiasta motivo o ambiente e acaba por transformar-se no perfeito líder. Mas cuidado, o otimismo em excesso pode prejudicar o profissional, afastando-o da realidade.

Outro dia eu estava conversando com uma pessoa de uma das empresas ganhadoras do prêmio APARH-Revista Vencer! de criatividade e ela comentou: aqui na empresa hoje tudo está girando em torno da premiação. Todas as ações, idéias lançadas, enfim, tudo vem seguido da frase: vamos fazer isso e concorrer ao prêmio. Segundo ela, o presidente da empresa está constantemente incentivando a criação e busca de mais uma conquista. Veja que interessante. A mesma pessoa confidenciou: Maria Inês é impressionante como essa conquista mobilizou a todos.

Para quem quer desenvolver o seu potencial criativo é importante saber que a criatividade está relacionada a alguns fatores como a constante busca de informações; mudança de pensamento; busca de melhoria, criar algo novo; exercitar a imaginação, a intuição; liberdade e não censura; repensar as decisões e transformar as ilusões em ações. Importante lembrar que atitudes repetitivas levam sempre ao mesmo lugar, bem como as decisões tomadas considerando sempre a mesma forma de pensar.

Outro dado importante sobre o processo criativo é que quem tem medo do novo e do ridículo e é autocrítico em excesso acaba bloqueando sua criatividade. Então, se você está desempregado, quer mudar de emprego ou aventurar-se por novas áreas vai precisar de ousadia e criatividade para buscar oportunidades tanto na sua quanto em outras áreas. Busque orientação para despertar o ser criativo que está dentro de você. Se você estiver empregado reveja as suas atitudes, para se auto-avaliar corretamente, conhecendo seu potencial criativo. Lugar do patinho feio é na lagoa.

Quem não gosta de conviver com uma pessoa que demonstra entusiasmo pelo que faz, pelo que vê, pelo que vive, por projetos novos? Em geral saudáveis e de bem com a vida, são pessoas alegres, descontraídas, que gostam de inovar e demonstram capacidade para utilizar sua energia de maneira positiva e criativa. Quando as identifico, em treinamentos, cursos ou outras situações, sei que estou diante de alguém com grandes possibilidades de ser um profissional de sucesso.

Isso porque o entusiasmo é uma das características mais requisitadas atualmente pelas empresas, assim como a competência interpessoal e de criação.

A capacidade de interagir com os outros é importante no processo criativo, pois pode se perceber que muitas atitudes positivas ou negativas que somente são tomadas quando as pessoas estão em grupo, jamais se manifestariam caso elas estivessem sozinhas. Desta forma, o sucesso de uma organização é substancialmente influenciado pelo desempenho de diversos grupos que interagem entre si e por toda a hierarquia da empresa. O trabalho em equipe poderá ser a primeira estratégia, mas focar no ato de conviver é que será o grande diferencial, pois a convivência gera muito mais comprometimento do que o simples fato de se reunir e trabalhar em equipe.

As soluções dos problemas, lançamentos de novos produtos, ações, decisões são resultado de esforços em conjunto, entre equipes. Não chegaremos a lugar algum sem a ajuda de diversas pessoas, de suas orientações, informações e experiências. O processo criativo coletivo mesmo sendo de maior complexidade possui maior poder de agregar. Isso é o que percebemos nitidamente nos grupos de treinamento, como também em diversos casos reais de empresas, especialmente identificados nos cases apresentados para concorrer ao prêmio.

Estimular a criatividade coletiva é fundamental, pois a empresa estará mais preparada para enfrentar os desafios da concorrência através da formação de grupos de convivência, geradores de idéias. Incentive o reconhecimento de soluções criativas apresentadas pelas pessoas, tanto individuais quanto coletivamente. Incentive para que as pessoas individualmente reconheçam idéias e soluções apresentadas pelos colegas de trabalho. Beneficie tanto idéias individuais quanto coletivas. Certamente assim obterá destaque nos resultados da organização. Reconheça a idéia criativa de um colega e ele irá também reconhecer a sua.

Quem não leu já ouviu falar do livro "Sem tesão não há solução", do terapeuta Roberto Freire. E não há mesmo, em nenhum setor da vida, seja no pessoal ou no profissional. O tesão a que o terapeuta se refere é exatamente essa capacidade de manter-se entusiasmado, ligado, inteiro no que você estiver fazendo, o que favorece o encontro de soluções para as dificuldades surgidas durante o processo criativo.

O entusiasmo é identificado nos profissionais de sucesso que demonstram capacidade para assumir riscos e criar. A vontade de crescer vem em primeiro lugar para essas pessoas que almejam o crescimento na carreira de forma positiva, sem querer passar por cima dos colegas e ainda sabendo lidar com pessoas difíceis. Essas são as pessoas que se destacam e ganham prêmios.

* Maria Inês Felippe é colunista do Empregos.com.br , consultora e palestrante, especialista em Criatividade, Inovação e Gestão, e autora do livro 4 C 's para Competir com Criatividade e Inovação (Editora Qualitymark) - www.mariainesfelippe.com.br .

Receba informações no seu e-mail sobre RH e o mundo corporativo