A procura do candidato ideal para suas vagas em aberto? Anuncie no Empregos.com.br[close]

Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



Profissão: líder
Saiba quais são os principais desafios de quem está no comando de uma equipe

Atualmente, a figura do líder autoritário tende a ser substituída pela de um profissional com habilidade e prazer em trabalhar com pessoas. Desta forma, estar à frente de uma equipe não significa apenas delegar funções, além de organizar e controlar atividades. A liderança pode ser utilizada como ferramenta para se alcançar metas e resultados e, para isso, exige-se cada vez mais aprendizado e desenvolvimento contínuo.

Muitos profissionais já se depararam com a expressão “capacidade de liderança” em diversos anúncios de vagas de emprego. As empresas demonstram esse interesse porque buscam pessoas comprometidas com seus projetos e perspectivas. A preocupação também implica, diretamente, em encontrar gestores capazes de lidar da melhor forma possível com o público interno da companhia. Para o publicitário Celso Loducca, presidente e diretor de criação da Loducca 22, um bom líder deve estar atento à sua equipe e estimular a autoconfiança de todos, além de elogiar ou criticar quando necessário. “Não fazemos nada sozinho. A somatória dos talentos é o que vale”, ressalta.

De acordo com o consultor e palestrante Maurício Góis, ações como inspirar, motivar e despertar o “querer fazer” da equipe resumem o trabalho de quem está no comando. “O líder não deve impor sua autoridade e sim acompanhar os subordinados e propor adicionais de performance. Nesse sentido, a ferramenta da liderança é a negociação”. Para ele, a procura por líderes ainda depende muito dos requisitos do cargo. Um trainee, por exemplo, precisa mais de conhecimentos técnicos, estratégias de relacionamento humano e inteligência emocional.

Eugênio Mussak, professor do curso de MBA em RH da Universidade de São Paulo (USP), também atua com conceitos inovadores em liderança. Mussak prefere trabalhar com a idéia de “líder educador”. Segundo ele, nesse tipo de liderança são utilizadas as mesmas ferramentas psicológicas dos professores em sala de aula. “Assim como um grande professor estimula você a gostar de determinada matéria, o líder educador também é capaz de incentivar uma pessoa a perceber a importância, valor e beleza dos trabalhos produzidos por ela mesma”, explica.

“É preciso saber como passar o bastão à sua equipe e orientá-la da melhor forma possível como um bom técnico de futebol”, garante Seme Arone Jr., sócio fundador do NUBE, agente de integração voltado para o recrutamento de novos talentos. Para ele, disseminar uma cultura competitiva e estimular o entrosamento de todos também são conceitos fundamentais para o líder nos dias atuais.

Além disso, as principais funções de quem está na liderança também estão relacionadas com atingir metas e resultados, daí a importância de se conquistar o respeito dos subordinados. “O líder precisa ter legitimidade dentro da organização, ou seja, não pedir à sua equipe algo que o próprio não tenha feito antes”, declara Mussak. O professor ainda aponta esse fator como explicação para a incidência de líderes com mais tempo de casa nas empresa.

Para quem deseja se tornar um gestor, existem diversos cursos, leituras e palestras. Celso Loducca ainda frisa a transparência e a capacidade de assumir responsabilidades como características essências para se exercer uma liderança de sucesso.