A procura do candidato ideal para suas vagas em aberto? Anuncie no Empregos.com.br[close]

Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



 

Esclarecer e informar o público - esse é o verdadeiro papel de um Relações Públicas

Muitas pessoas pensam que trabalhar com relações públicas é viver entre coquetéis e recepções. Isso é um engano. Um relações-públicas é muito mais que um promotor de festas. Nas grandes companhias, ele está à frente das campanhas de propaganda institucional e opina em tudo que diz respeito à comunicação empresarial - da divulgação do plano de metas à estratégia de aproximação da empresa com a comunidade onde está sendo instalada uma nova fábrica.

"O relações-públicas é o profissional mais capacitado para liderar a equipe de comunicação empresarial", diz Valéria Cabral, gerente de comunicação interna do Unibanco. "Para o público interno, ele produz veículos e programas de integração, com o objetivo de chamar o funcionário para a causa da empresa", afirma a professora Margarida Kunsch, da USP, em São Paulo.

Esclarecer e informar o público externo - os consumidores e a comunidade - também está entre as suas atribuições. "É o profissional de relações públicas que se ocupa do serviço de "0800 - A Voz do Cidadão", um canal de discagem gratuita para que as pessoas expressem suas opiniões sobre a atuação dos senadores", conta Ana Lúcia Novelli, relações-públicas do Senado Federal. Além disso, eles planejam e organizam solenidades e recepções para comitivas internacionais em visita ao senado

O mercado
Com o crescimento da concorrência, as empresas não estão preocupadas apenas em conquistar os consumidores - é necessário manter sua clientela. Assim, aumenta a importância de dar um bom atendimento ao consumidor, uma das principais funções desempenhadas pelo relações-públicas. Também estão em alta as áreas de relações com a comunidade e de comunicação interna nas empresas.

O curso
Você vai ter muitas aulas teóricas e práticas. Nos dois primeiros anos, entre outras matérias, aprenderá antropologia, filosofia, psicologia da comunicação e teoria da comunicação. A partir do terceiro, enfrentará as disciplinas mais específicas, como cerimonial, eventos, planejamento, pesquisa de opinião pública e técnicas de relações públicas e de marketing. No último ano desenvolverá um projeto de conclusão de curso. Em geral, trata-se de fazer um plano de relações públicas para uma empresa, verdadeira ou fictícia.

Duração mínima: quatro anos.

Características que favorecem a profissão
Facilidade de comunicação, boa memória, capacidade de analisar e de tomar decisões, desembaraço, iniciativa e interesse por atividades sociais e culturais.

Áreas de atuação
Agências de propaganda, de turismo, de pesquisa e em entidades recreativas, empresas privadas ou estatais que mantenham um departamento de Relações Públicas, especialmente nos setores industriais, comerciais, financeiros, educacionais, associativos, sindicais e de prestação de serviços.

Leia também sobre o assunto

Papo com o profissional