Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



Procurando emprego? Faça uma busca de vagas no maior site de Empregos do Brasil[close]

Profissional "estilosa"                                        (13.08.07)
Ter estilo e estar bem em qualquer ocasião
é mais simples do que parece

Por Priscila D'Amora

Afinal de contas, o que é ter estilo? Com tantas tendências e regras, é difícil reconhecer o que lhe cai bem. Sair cedo para trabalhar e estar preparada para todas as atividades de um dia, que parece não ter fim, é o desejo da maioria das mulheres.

Acessórios, cores básicas, modelitos coringas. Clássica ou moderna, o que queremos é nos garantir em qualquer situação, certo?! E para isso o mais importante é ter consciência do seu biótipo e adequar a sua rotina e ritmo de vida a ele, optando sempre pela praticidade.

As mulheres de forma geral preocupam-se com a questão estética e harmoniosa na hora da apresentação, mas é claro que a praticidade vale alguns pontos. Não adianta nada estar com um sapato lindo, mas que, por exemplo, acaba com seus pés.

"Para quem precisa estar o tempo todo arrumada, ficar 'antenada' em opções como sapatilhas que podem ser alternadas com salto, e que hoje em dia são maravilhosas e ótimas para usar no ambiente de trabalho, facilita bastante", aconselha Ellen Baraldi, consultora de moda e personal stylist especialista em etiqueta empresarial e moda no ambiente de trabalho.

Viva os acessórios!
No ambiente de trabalho os acessórios devem ser discretos, "embora tudo muito pequeno possa dar um ar até infantil ou indicar falta de personalidade e poder. Para não errar, escolha apenas um ou dois para destaque", ensina a consultora de moda.

Se optar por usar um colar grande, não exagere no tamanho dos brincos; se a opção for por um anel maior, não use muitas pulseiras e vice-versa. Vale lembrar alguns detalhes: usar um colar grande pode dar um ar de "perua", brincões podem ser interpretados como "sexy demais", e exagerar nas pulseiras a deixará parecendo uma "hippie" - portanto, tudo depende do seu ambiente de trabalho.

Sentir-se segura influi diretamente no resultado de seu trabalho e em sua vida como um todo. Não é futilidade, muito pelo contrário. Afinal, você é seu cartão de visita. Pode parecer um chavão, mas a primeira impressão é a que fica. Por isso, vale a pena, sim, investir e esse investimento não é somente financeiro é imprimir personalidades às peças, ter boas sacadas e bom senso.

Custa caro ficar na moda?
Falar de dinheiro e valores não é muito importante em algumas ocasiões, já que bom gosto independe disso.

O conceito de valor é relativo, o que é caro para uma pessoa não é caro para outra, uma calça que custa, por exemplo, R$ 200 e foi usada várias vezes torna-se barata, enquanto uma blusa que tenha custado R$ 30 e nunca foi usada é um investimento inútil e torna-se cara - isso vale para todos os objetos que temos.

Dica valiosa: quando encontrar uma liquidação não saia comprando tudo porque está barato, veja se a peça vale a pena. Repare que em lojas bacanas muitas vezes blusas brancas, pretas, cinza, marinho, cáqui não entram em liquidação por que são básicas. Fique atenta! Não caia em armadilhas, mesmo que pareçam irresistíveis.

O básico é clássico!
Cuidado com os exageros, e eles vão desde uma maquiagem carregada, excesso de acessórios até copiar o que se vê em vitrines, desfiles de moda e artistas usando, por exemplo. Consumir tudo que está na moda não funciona, vá com calma. Na dúvida, fique com o básico.

Básico significa aquilo que é essencial, fundamental, que serve para um guarda-roupa legal, para montar outros looks de acordo com a estação.


Quem são essas mulheres?
Como cada pessoa tem características próprias e gostos diferentes, podemos observar que cada mulher segue uma linha. E para cada uma existe um detalhe que pode ajudar a melhorar o que já está certo.

Clássicas: essas mulheres usam camisas brancas, colar de pérolas e scarpin . Continuem com seu estilo, mas coloquem um toque de personalidade nas peças, como broches e lenços, por exemplo.

Modernas: estão sempre "antenadas" com o que está acontecendo na moda, mas cuidado para não serem modernas demais no ambiente de trabalho. Mostrem, sim, que são criativas usando acessórios coloridos.

Modernas-chiques: combinação perfeita, esta mulher sabe misturar o clássico, o básico e o moderno.

A velha história de coordenar
Usar tudo combinadinho já era, já passou, não está com nada atualmente, fica muito pesado usar sapato combinado com bolsa. A grande sacada atualmente é o conjunto ter harmonia sem precisar estar tudo na mesma cor.

As mulheres que são mais clássicas acabam usando este artifício, mas correm o risco de passar um ar careta, de falta de criatividade e informação em vez de seriedade. "Claro que preto com preto, café com café, que são cores mais clássicas, estão liberados. Sendo assim, seria o caso de usarmos materiais diferentes para compor um look na mesma cor", explica a personal stylist Ellen Baraldi.

Bolsas, as verdadeiras aliadas!
Tamanhos, materiais e cores diferentes. A mulher moderna não dispensa e encontra diversas opções para usar e abusar da melhor amiga: a sua bolsa.

Mesmo antes da moda de maxi bolsas era possível encontrar muitas mulheres que trabalham, vão à academia e estudam com bolsas enormes e mochilas à tira colo.

Para não errar e não passar aperto, tenha pelo menos duas bolsas grandes, uma preta e outra café, uma mochila discreta em nylon e sacolas legais de lona para carregar aquilo que não conseguimos colocar na bolsa. É normal hoje em dia ver mulheres usando mais de uma bolsa, pelo menos para chegar ou sair do trabalho.

Atualmente, a pedida é por peças coloridas como vermelho, verde, azul marinho, oncinha, prata, sacolas de lona colorida, para dar personalidade às peças, já que aquilo que usamos mostra quem somos.

Ser elegante e chique é saber respeitar seu corpo, entender seus pontos fracos e fortes e saber a hora de ressaltá-los ou escondê-los.

Entender e estar na moda também depende de treino e conhecimento, já que dificilmente nascemos experts em bom gosto. Por isso, observe o padrão que a cerca e o que ele exige de você, além de visitar e conhecer ambientes diferentes.