Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



Procurando emprego? Faça uma busca de vagas no maior site de Empregos do Brasil[close]

A carreira depois dos 50
Pesquisas mostram que profissionais com mais de 50 anos são os que mais ganham espaço no mercado de trabalho

 

Antigamente, aposentadoria era tabu. A idéia de parar de trabalhar criava a sensação de não sentir-se mais útil e ainda ser excluído da sociedade. Isto apavorava a grande maioria dos profissionais em fase de se aposentar. Mas os números mostram que isso está mudando e o mercado de trabalho das grandes cidades brasileiras volta o olhar e a atenção aos profissionais com mais de 50 anos.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base na Pesquisa Mensal de Emprego (PME), o grupo composto por trabalhadores na faixa etária de 50 anos ou mais foi o que mais cresceu entre 2002 e 2006. A participação desse segmento passou de 15,4% em maio de 2002 para 18,1% em maio deste ano. Neste grupo, a geração dos que estão na casa dos 50 anos é a maioria - 72,6% têm até 59 anos de idade.

Segundo Gilberto Guimarães, diretor da consultoria francesa BPI no Brasil, muitas empresas já estão implantando programas de incentivo e apoio à aposentadoria, que além de ajudar o profissional na preparação e no planejamento da sua segunda carreira, apóiam na concretização deste projeto e ainda contam com apoio psicológico.

“Há 100 anos a expectativa de vida média das pessoas era inferior a 50 anos. Hoje, mesmo no Brasil, as pessoas vivem em média mais de 70 anos, segundo pesquisas recentes do IBGE. Isso significa que alguém que se aposenta depois de 30 ou 35 anos de carreira, ainda terá mais 25 anos, pelo menos, de possibilidade de trabalhar e, portanto, precisa planejar o que vai fazer, finalmente fazendo o que gosta de fazer”, afirma Gilberto.

Neste novo contexto, a aposentadoria pode se transformar no momento certo para colocar em prática os sonhos antigos, se dedicar a atividades que tragam prazer e qualidade de vida, reconhecimento, mais que dinheiro, poder ou status. É comum estas pessoas abrirem seu negócio próprio, virarem consultores, “ coacher ”, e até mesmo professores.

O Grupo BPI no Brasil oferece um programa de aposentadoria denominado Futuro Planejado, que além dos aspectos de apoio à nova carreira, aborda também aspectos de planejamento financeiro e, sobretudo, de saúde. “O custo de planos de saúde é a grande preocupação de quem se aposenta”, conclui Gilberto.