Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



Oportunidades de emprego no exterior

Está procurando emprego? Já pensou em viver no exterior com segurança, aprender um idioma, fazer turismo e, o que é melhor, estar trabalhando? Diversas agências internacionais da Europa, Estados Unidos, Canadá, Alasca e Cingapura estão procurando mão-de-obra semi-qualificada no Brasil e países latinos.

Os cargos oferecidos são os mais variados, desde babás e enfermeiras até mágicos que possam fazer apresentações em cruzeiros marítimos. A empresa M/Brazil, que vem atuando no mercado há pouco mais de dois anos, já enviou cerca de 400 brasileiros para o exterior, sendo que entre 10 a 15 pessoas por mês arrumam emprego fora do país, sendo a maioria jovens.

Segundo pesquisa realizada pelo Seade em dezembro de 1999, havia cerca de 25,8% de desempregados na faixa etária dos 18 aos 24 anos na região metropolitana de São Paulo. Celso Clemens Gáspari, auxiliar administrativo da M/Brazil, diz que os altos índices de desemprego impulsionam os jovens a buscarem oportunidades de emprego no mercado internacional."Como o jovem sente dificuldades em entrar para o mercado, viajar para o exterior é uma ótima oportunidade de aperfeiçoar a língua estrangeira, além de ganhar um bom dinheiro."

Para mulheres, as vagas mais comuns são para au-pair (babás). Já os homens vão encontrar serviços de auxiliares de cozinha, garçons e jardineiros.

No caso dos au-pairs, os contratantes são de classe média/alta e oferecem sálarios que variam de acordo com o país. Nos Estados Unidos, por exemplo, o jovem chega a receber US$ 300 doláres semanais; no Canadá, US$ 250 a US$ 300; na Austrália, US$ 150 a US$ 300; e na Inglaterra, US$ 80 a US$ 120.

Os interessados não precisam ter nível superior, mas conhecimentos básicos na língua inglesa já garantem uma rápida colocação no mercado. "Se você tem inglês fluente, em menos de duas semanas está empregado", declara Gáspari.

A empresa, que recebe cerca de 200 telefonemas por dia, envia uma mala-direta a todos os interessados, explicando o procedimento que deve ser tomado antes de procurar pelo emprego. Para dinamizar a viagem, o candidato já deve estar providenciando seu passaporte e visto. "Se o candidato for para a Europa não há necessidade de se preocupar com visto, apenas para os Estados Unidos, o Canadá e a Austrália", informa.

O candidato que quiser a assessoria da M/Brazil para conseguir uma vaga no mercado de trabalho internacional terá de desembolsar US$ 700,00 na hora da inscrição. Gáspari explicou que se a pessoa não arrumar emprego em um período de seis meses, o dinheiro é devolvido.

A empresa conta com filiais em todos os países nos quais ela encaminha brasileiros. "Temos albergues que recepcionam as pessoas e as enviam para as famílias que irão trabalhar". Em casos de não adaptação, o empresa também ajuda o brasileiro a encontrar uma nova família ou até mesmo um novo serviço.

Leia mais:
Empresas também oferecem vagas para funções "exóticas"