Para sua Carreira.

Orientação e dicas para você atingir seus objetivos.



Procurando emprego? Faça uma busca de vagas no maior site de Empregos do Brasil[close]

Atitudes que fazem você perder o emprego

por Renata Marucci

Você está empregado, gosta do que faz e não quer perder sua colocação? Então fique atento a algumas atitudes condenadas por grande parte das empresas.

Embora os ambientes profissionais estejam bem mais descontraídos e alguns comportamentos que eram mal vistos anteriormente já sejam aceitos, é preciso ter cuidado.

Gutemberg B. de Macedo, diretor da Gutemberg Consultores e Laerte Cordeiro, diretor-presidente da Laerte Cordeiro Consultoria em Recursos Humanos concordam que os maiores erros cometidos por profissionais que perderam seus empregos são: a falta de atualização e a falta de iniciativa e comprometimento.

Para a administração atual, o maior problema de um profissional é a acomodação, que o faz agir como se fosse um funcionário vitalício da empresa e deixar de lado os cuidados com sua empregabilidade.

A falta de preocupação com o desenvolvimento profissional (formação escolar, microinformática, cursos de idiomas e atualização) demonstra total descaso em relação ao desenvolvimento do talento e acaba deixando o profissional para trás em relação ao resto da equipe.

Outro problema é a falta de iniciativa. A pró-atividade é um pré-requisito para trabalhar em uma boa empresa.

Essas atitudes têm justificado grande parte das demissões. Existem também "pequenos grandes erros" que podem complicar a vida do profissional. Laerte Cordeiro acredita que alguns deles podem ser relevados e corrigidos com uma conversa. Mas é prudente evitá-los. Confira:

1. Fazer parte do grupo da fofoca. Em todo lugar existem "comentários" sobre a vida pessoal ou o comportamento de alguém. Evite fazê-los em grupo. Principalmente se o assunto for o chefe

2. Ampliar o grupo da fofoca. Falar mal da empresa e do chefe diante de clientes e fornecedores é crime inafiançável!!

3. Manter-se distante. Desenvolva um bom relacionamento interpessoal (interno e externo). Não dá para trabalhar em clima ruim, além de ser muito mais produtivo trabalhar em equipe

4. Reclamar do salário. Pressionar o chefe o tempo todo por um aumento não irá levá-lo a lugar algum. O jeito mais fácil de conseguir isso é mostrar resultados que justifiquem um maior salário

5. Desinteresse. Espera-se que o funcionário seja multidisciplinar, interesse-se por assuntos que são de outras áreas, porque assim pode entender melhor o negócio como um todo

6. Criticar superiores e colegas de trabalho para outros superiores. Cuidado com esse tipo de atitude, principalmente em relação ao chefe. Para chegar ao superior do seu chefe você deve ter uma excelente razão e bons argumentos. Se tiver um problema com o seu chefe ou colega, tente resolver diretamente com ele antes de procurar outras pessoas

7. Pendurar no telefone. Tratar de assuntos pessoais durante grande parte do dia e por isso, deixar de cumprir suas tarefas, é imperdoável

8. Esquecer o que lhe é pedido. Você pode deixar de fazer algo muito importante por distração. Procure anotar todas as suas tarefas e compromissos para evitar este tipo de falha

9. Desrespeito. As duas maneiras mais freqüentes são: fumar perto de quem não gosta e escutar conversas pela extensão

10. Abrir o bico. Informações confidenciais, quando comentadas com quem não deve ouvir, podem chegar rapidamente nas mãos da concorrência. As empresas abominam comentários como esses!!